Justiça determina retirada de propaganda de Gean Loureiro

Caso insista em propagar a informação falsa, Loureiro e a coligação dele estão sujeitos a multa de R$ 1.000 por evento de descumprimento da decisão

Foto: Reprodução

- PUBLICIDADE -

A Justiça Eleitoral mandou o candidato Gean Loureiro (União Brasil) retirar do ar um programa eleitoral com informação falsa sobre a morte de uma criança. O conteúdo apresentado por Gean acusa o governador de ter impedido o transporte aeromédico, quando na verdade o estado clínico da criança não permitia que ela viajasse de avião e precisava permanecer no hospital para estabilização.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A decisão foi emitida nesta terça-feira, 27, pelo juiz auxiliar Otávio José Minatto. Caso insista em propagar a informação falsa, Loureiro e a coligação dele estão sujeitos a multa de R$ 1.000 por evento de descumprimento da decisão.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.