Sombrio: debates em prol do Plano de Desenvolvimento Socioeconômicoo

Fotos: Décio Batista/ Reprodução

- PUBLICIDADE -

Desafios, potencialidades e sonhos dos munícipes de Sombrio nortearam o produtivo encontro da tarde desta sexta-feira (06/05). Marcando o primeiro Workshop do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico do Município, ação liderada pela Unesc, a dinâmica da tarde foi voltada ao amplo debate sobre o que precisa ser melhorado, o que pode ser explorado e o rumo para o qual a cidade deve caminhar daqui em diante.

A tarde de troca de ideias e muito compartilhamento de diferentes pontos de vista sobre a cidade, para a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento da Unesc, Gisele Coelho Lopes, teve grande significado para o Plano que se avizinha. “Esses momentos são parte primordial na elaboração das estratégias que irão nortear Sombrio até 2033. Pensar agora sobre como queremos estar daqui a dez anos é fundamental para que alcancemos essas metas. As peças que separamos hoje serão fundamentais na montagem desse quebra-cabeça que envolve todas as áreas e, logo, todas as pessoas que aqui vivem e trabalham”, destacou.

- PUBLICIDADE -

A prefeita do Município, Gislaine Cunha, participou da abertura dos trabalhos, destacando a importância do comando da Universidade. “Tenho certeza de que o Plano de Desenvolvimento será um sucesso. Desejo que neste grupo estejamos cada vez mais fortalecidos em prol de um trabalho promissor”, apontou.

Com os pés no chão e sonhando alto

Aspectos desde a melhoria das condições do atendimento em saúde, avanços em pavimentação, sinalização, sinalização e segurança estiveram entre os citados pelos participantes como desafios emergentes na cidade. Já entre os potenciais destacados pelos grupos de discussão estiveram a diversificação econômica, as boas condições das escolas e, é claro, as belezas naturais.

Sob comando do mediador Igor Drudi os participantes interagiram com o grande grupo e, em diferentes momentos, com equipes menores divididas de forma aleatória, registrando ponderações a cada nova temática abordada.

Entre os integrantes da equipe que teve a missão de discutir o futuro do Município estiveram representantes das classes empresarial, cultural, trabalhadores da saúde e servidores municipais de diferentes setores, dispostos a colaborar com seus lugares de fala.

Os trabalhos de elaboração do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico contaram ainda com a apresentação de dados pertinentes ao Município por meio dos professores Thiago Rocha Fabris e Melissa Watanabe, coordenadores do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico da Unesc.

O próximo passo será a discussão em um workshop direcionado a empresários e lideranças econômicas do Município.

Acompanhe os passos até a conclusão dos 15 Planos de Desenvolvimento Socioeconômico dos Municípios da Amesc:

1º – Evento de lançamento, quando Unesc, Sebrae/SC e Amesc convidam a população de cada uma das 15 cidades a participar da elaboração do Plano. No mesmo dia, é lançada a consulta pública online, onde todo e qualquer cidadão pode contribuir.

2º – Após serem provocados a pensar o município para daqui a dez anos, a população participa de um workshop online, momento em que podem apresentar as suas ideias e sonhos, visando melhorias para a cidade onde habitam;

3º – Em um segundo workshop, serão ouvidos integrantes do setor produtivo para debater sob o ponto de vista da geração de oportunidades de emprego e renda;

4º – Após estas etapas, a Unesc, o Sebrae/SC e a Amesc farão a entrega do documento em novembro deste ano.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.