Rincão estuda construção de um novo acesso à Plataforma Sul

Por enquanto, apenas o levantamento topográfico da área foi realizado pela equipe técnica. Estrutura foi criada na década de 90

Foto: Guilherme Cordeiro/ TN
- PUBLICIDADE -

Balneário Rincão

O projeto para aproveitamento do que restou da Plataforma Sul, em Balneário Rincão, segue sem novos encaminhamentos. Parte da estrutura, que estava interditada pela Defesa Civil do município há pelo menos seis anos, desabou em 2020. Atualmente, o Poder Público planeja a construção de um novo acesso à parte submersa, que se manteve intacta após o desmoronamento.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o engenheiro civil da prefeitura, Nestor Back, o projeto ainda é prematuro.  “Fizemos só um levantamento topográfico da área e também foram marcados os níveis da própria plataforma e do entorno. Mas, por enquanto, está somente em estudo preliminar, nós estamos estudando área e como vai ser a configuração dos acessos”, explica.

O novo projeto contempla uma estrutura diferente do que havia antes de desabar parcialmente. “Vai ser feita uma interligação da faixa da areia com a construção existente. A proposta inicial é fazer tudo de madeira. Ficaria um acesso público. A ideia seria até fazer algo através de uma iniciativa público-privada, porque a prefeitura não teria condições de explorar aquela área, seria dada uma concessão para alguma empresa”, acrescenta o engenheiro civil.

O próximo passo é a elaboração de um projeto arquitetônico e urbanístico. ”Depois, tem que ser incluída a parte de segurança, saneamento, a parte de iluminação e estrutural. Daí envolve a engenharia. Por enquanto, é mais a topografia, arquitetura e urbanismo”, pontua Back. “Existem estruturas parecidas com a que planejamos em outras praias. A configuração da área favorece o projeto”, completa.

Encaminhamento nas próximas semanas

Segundo prefeito de Balneário Rincão, Jairo Custódio, nas próximas semanas o projeto deve ter novos encaminhamentos. “Estamos marcando uma reunião com a equipe que ficou de fazer um levantamento. Na semana que vem teremos algumas notícias sobre a situação, hoje, ainda não temos”, detalha.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.