14.7 C
Criciúma
terça-feira, maio 28, 2024

Prefeito, dois vereadores e servidor comissionado são presos em Urussanga

A Operação Terra Nostra investiga a compra de dois imóveis com valores superfaturados

A segunda fase da Operação Terra Nostra da Polícia Civil resultou na prisão do prefeito de Urussanga, Gustavo Cancellier (PP). Outros dois vereadores e um servidor público comissionado também foram detidos durante os trabalhos realizados na manhã desta terça-feira, dia 16. A primeira etapa foi efetuada no dia 21 de março, com apreensões de documento no Paço Municipal.

O objetivo da investigação da 2ª Delegacia de Combate à Corrupção da DEIC (2ª DECOR/DEIC), é apurar os crimes de organização criminosa, como falsidade ideológica, o uso indevido da renda pública, e contratação direta fora das hipóteses legais. No inquérito policial, a Prefeitura teria comprado dois imóveis com valores superfaturados, fatos comprovados por meio dos trabalhos de perícia.

Conforme apurado, nesta terça-feira, dia 16, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, nove mandados de busca e apreensão, sequestro de valores e afastamento de servidores da função pública.

As penas somadas, podem chegar a 33 anos de reclusão. Segundo a Polícia Civil, as investigações continuam para verificar o envolvimento de outras pessoas.

  • Nota oficial Amrec

A Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) comunica que obteve informações sobre a prisão do presidente da entidade, Prefeito Gustavo Cancelier ocorrido na manhã desta terça-feira (16) através da imprensa.

Antes de qualquer pronunciamento oficial sobre o assunto, como a Associação não teve acesso aos autos, nem foi comunicada oficialmente, nesse momento irá aguardar os desdobramentos antes de emitir qualquer manifestação oficial sobre os fatos.

Cris Freitas
Assessoria de Imprensa da AMREC

Últimas