13.6 C
Criciúma
quinta-feira, abril 18, 2024

Satc aborda Dia Mundial de Conscientização do Autismo em conversa

Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, o NINA, compartilhou a campanha 'Inclusão Começa com Respeito' com alunos e acadêmicos

Para além das salas de aula, o respeito e a inclusão precisam se fazer presentes na vida da comunidade escolar. Para evidenciar ainda mais a importância dessa temática, a Satc promoveu neste dia, 02 de abril, rodas de conversa sobre o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. O Núcleo de Inclusão e Acessibilidade da Instituição, o NINA, realizou a campanha ‘Inclusão Começa com Respeito’ com alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio e Técnico. Além disso, ações informativas foram compartilhadas com acadêmicos do Centro Universitário UniSatc.

Com as turminhas da Educação Infantil, duas famílias atípicas participaram de um bate-papo, com música e história sobre o tema. “Falei com as crianças de uma forma simples o que é o transtorno, como funciona a cabecinha de uma pessoa com autismo. Com isso, eu trouxe uma história do ‘Mundo Colorido de João’, que fala dos coleguinhas da escola do personagem e como ele se sentiu acolhido, com inclusão e afeto dos amigos”, relata a mãe do Izael do Infantil V, Tuany Fernandes.

O mesmo sentimento envolveu a família da aluna do Infantil IV, Luiza Borges. “Nesse dia contamos uma história para a turminha da nossa filha, sobre algumas características dos autistas, para eles entenderem um pouquinho porque que ela acaba fazendo certas ações na escola. Como a Luiza compreende as atividades, como os colegas também podem ajudar ela nas brincadeiras. Queremos que eles entendam que os autistas apesar de diferentes, todos nessa sala são iguais”, conta Igor Borges.

Conforme a coordenadora da Educação Infantil, Luciana Peruch Ferreira, a ação buscou reunir as famílias que fazem parte dessa temática diariamente. “Nada melhor do que quem vive o autismo falar sobre ele. Eu sempre digo que as coisas tem que ser significativas, ter um sentido e ainda mais na educação infantil, porque tudo eles estão com sede de conhecimento. Então se nós fazermos de forma significativa, vai eternizar. E com a mensagem que as famílias plantaram hoje sobre carinho, respeito, afeto, nossos alunos vão levar para sempre”, ressalta Luciana.

Autismo com respeito

Durante todo o dia, as psicólogas institucionais e a assessora de inclusão, Vanessa Raupp Medeiros, passam nas salas de aula compartilhando com os alunos as características deste transtorno do neurodesenvolvimento. E destacando a importância da inclusão aos estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Nosso intuito com a campanha é de apresentar para os estudantes o valor do respeito, independentemente de ser uma pessoa com autismo ou não. Mas hoje, principalmente ressaltando o TEA e o nosso apoio a causa, não apenas educando essas crianças e adolescentes para o conhecimento, mas também para a vida”, relata a coordenadora do NINA, Kelli Savi.

Cartazes com o tema da campanha foram espalhados por todo o campus como informativo e sinal de apoio ao ‘Abril Azul’, mês de Conscientização sobre o Autismo.

Últimas