13.8 C
Criciúma
sexta-feira, julho 12, 2024

Audiência pública tratará sobre a segurança do bairro Pinheirinho

Proposta pela Câmara de Vereadores, reunião acontecerá no dia 30, a partir das 19h, no auditório do Bairro da Juventude

Criciúma
Paulo Paixão
politica@tnsul.com

A segurança de um dos bairros mais populosos de Criciúma voltará a ser debatida entre os vereadores e a comunidade. Uma audiência pública acontecerá no próximo dia 30, no auditório do Bairro da Juventude, para discutir a atual realidade do bairro Pinheirinho.
Após muitas reclamações de crimes cometidos na comunidade e muitos registros policiais, o vereador Nícola Martins foi o autor do requerimento 701/2023 aprovado na segunda-feira, dia 13, no Legislativo, para a realização da audiência pública.

“É uma audiência pública nascida a partir da discussão que teve aqui na Casa sobre a segurança do bairro Pinheirinho, porém, um encontro só foi pouco, e com a audiência pública, a gente consegue ampliar o assunto, consegue ouvir mais as pessoas, ouvir os empresários, e vamos tentar organizar de uma forma que todos possam ser ouvidos”, comentou o vereador que propôs a audiência.

Ferrovia

Em um primeiro momento, o encontro também iria tratar sobre a retirada dos trilhos da localidade, porém, em conversa com o vereador Miri Dagostin (Progressistas), que também trata sobre o assunto, ficou definido que o tema não estará na pauta do dia 30.

“Agradeço ao vereador Miri Dagostin porque anteriormente tínhamos feito um requerimento que abrangia também a questão da ferrovia, mas neste momento nós vamos focar na segurança pública. Vamos focar na situação da Casa de Passagem, da República e do Centro POP, que é o pedido dos moradores. Eles pedem para debatermos isto no momento, então nós vamos seguir o que os moradores nos solicitaram aqui”, explicou Martins.

Ambap busca qualidade de vida para moradores

O vereador Paulo Ferrarezi (MDB) também falou sobre a importância da discussão que será realizada no dia 30 e dos movimentos que acontecem para a retirada da Casa de Passagem, da República e do Centro POP.

APOIO

A Associação de Moradores do Bairro Pinheirinho (Ambap), uma das principais entidades que busca mais segurança aos moradores, comerciantes e empresários da localidade, estará presente. Segundo o presidente Arilton Mezzari, este será um momento para os moradores mostrarem os seus anseios. “O nosso intuito hoje é a mudança da Casa de Passagem, da República e da Casa POP pela proximidade da região vulnerável dos trilhos. É uma região onde tem tráfico de drogas, ou seja, não pode a Casa de Passagem ficar próxima de uma região destas”, lembrou Mezzari.

Para o representante da Ambap, a expectativa é de que algo seja realizado após a audiência. “É importante que a audiência venha, mas que ela tenha algum respaldo, a exemplo da última reunião, onde tivemos vários encaminhamentos, como até a guarda armada no bairro. A gente só quer segurança, comodidade para as pessoas transitarem e sem estarem vulneráveis”, afirmou.

Leia mais matérias completas na edição desta terça e quarta-feira do jornal impresso Tribuna de Notícias. Ligue para 48 3478-2900 e garanta sua assinatura.

Últimas