18.9 C
Criciúma
sábado, junho 15, 2024

Laguna: Prefeito consegue deixar Israel: “Foi uma cena bastante dramática”

Durante a permanência no aeroporto de Ben Gurion, em Tel Aviv, Samir Ahmad diz que ouviu uma explosão e o alarme soou

O prefeito de Laguna, Samir Ahmad, conseguiu deixar Israel e já está com a família em Dubai, nos Emirados Árabes. A expectativa é de que em um ou dois dias, eles retornem ao Brasil.

“Apesar de saber que o aeroporto é um objetivo militar importante, seria a nossa chance de sair do país. Pois até no mar também estão ocorrendo ataques. Resolvemos arriscar e entramos em Tel Aviv (Israel). Ultrapassamos alguns bloqueios, e próximo das 8 da manhã chegamos ao aeroporto, aonde passamos o dia em busca de informações”, conta o prefeito.   

Durante a permanêcia no aeroporto de Ben Gurion, Samir diz que ouviu uma explosão e o alarme soou.

O aeroporto teria sofrido uma tentativa de ataque, disse um porta-voz da Autoridade Aeroportuária de Israel nesta última segunda-feira, dia 9. Segundo o funcionário, um foguete foi interceptado no ar nos arredores do local e os destroços podem ter impactado uma vila próxima, informou o g1.

“As pessoas se abrigaram nos banheiros e se deitaram no chão. Mas conseguimos embarcar para Dubai. No momento que deixamos Tel Aviv, tivemos uma sensação de alívio muito forte, mas o aperto no coração continua, pelas pessoas que permaneceram lá, no aeroporto, nas cidades, nossos parentes, todos com certeza sentirão de alguma forma os efeitos desta guerra”, explica Samir.

Samir, esposa e filha, estavam, até este último domingo, dia 8, em Ramallah, a cerca de 70 km de Tel Aviv, revendo parentes e visitando aos locais sagrados.

“A cada 4 ou 5 anos fazemos esta peregrinação. Infelizmente fomos surpreendidos com este grave conflito”, diz.

Esse é considerado um dos maiores ataques que Israel sofreu nos últimos anos. Diante da ofensiva do Hamas (grupos de militantes islâmicos da Palestina), os israelenses declararam estado de guerra.

*Via Portal Sul Agora

Últimas