11.8 C
Criciúma
terça-feira, junho 25, 2024

Gasolina aumenta mais de 50 centavos em Florianópolis; entenda

Postos de combustíveis aumentaram preço do litro da gasolina em quase toda a região no início desta semana; sindicato afirma que a medida foi tomada para compensar lucros dos estabelecimentos

Quem foi abastecer o carro nesta terça-feira (3) notou um aumento expressivo no preço da gasolina. Em alguns postos de combustíveis da Grande Florianópolis, o litro saltou de R$ 5,77 na segunda, para R$ 6,39 nesta terça-feira.

De acordo com o Sindópolis (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais da Capital), o aumento foi promovido pelos próprios estabelecimentos para compensar a margem de lucro, que estaria baixa.

O aumento chamou a atenção dos consumidores da região, já que nem a Petrobras, nem o governo federal, tinham dado indícios de uma nova alta no preço da gasolina. Segundo o sindicato, a decisão foi, de fato, local.

Aumento da gasolina para compensar lucros

Em nota, o Sindópolis afirmou que a mudança nos preços aconteceu por conta da necessidade vista pelos administradores de postos de combustíveis para aumentar a rentabilidade do serviço.

“Antes, esse percentual era de 10% bruto e isso promove um lucro abaixo do esperado. Desde segunda-feira, os postos acabaram decidindo por empregar uma nova taxa de lucro bruto de 17% a 18%, o que refletiu de imediato nas bombas”, destaca o sindicato.

Fiscalizações

Procurado pela equipe do Grupo ND, o Procon de Florianópolis afirmou que está acompanhando o aumento, e realiza nesta semana, a tradicional pesquisa mensal de preços de combustíveis nos 87 postos da Capital. O estudo, no entanto, só será publicado na quinta.

Mesmo assim, o órgão garante que vai fiscalizar possíveis aumentos abusivos. “Sobre a mudança nos valores de venda, caso os fiscais identifiquem as mesmas como injustificáveis, o Procon tomará as medidas cabíveis”.

Aumento no diesel

No último domingo (1), o governo federal chegou a anunciar um aumento na cobrança de impostos federais sobre o óleo diesel. A alíquota de PIS/Cofins passou a ser de R$ 0,13 por litro do combustível, valor que vai vigorar até o final do ano.

No entanto, a medida atinge somente o diesel, e não tem relação com o aumento no preço cobrado pelo litro da gasolina em postos da Grande Florianópolis.

*Via ND+

Últimas