18.4 C
Criciúma
sexta-feira, maio 24, 2024

Governo deve reabrir Aeroporto de Forquilhinha em outubro

Detalhes sobre esta autorização foram discutidos esta semana em Brasília, na Agência Nacional de Aviação Civil

As operações do Aeroporto de Forquilhinha deverão ser retomadas a partir do dia 10 de outubro. A expectativa sobre a data foi feita pelo secretário de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF), Beto Martins, nesta sexta-feira (29), durante evento na Associação Empresarial de Criciúma (ACIC). Os detalhes sobre esta autorização foram discutidos esta semana em Brasília, na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). A previsão é que o governador Jorginho Mello faça a entrega da obra de revitalização no dia 11 de outubro.

”Desde que assumimos, o governador Jorginho Mello determinou para trabalharmos intensamente pela abertura dos aeroportos públicos que estavam fechados e para nossa alegria o primeiro será o de Forquilhinha, um importante indutor de desenvolvimento social e econômico para região Sul”, disse Beto Martins diante de um público formado por empresários da região.

Na mesma agenda, o governador deve assinar o edital de licitação da concessão do Aeroporto de Jaguaruna e o convênio para revitalização do acesso sul do município de Imbituba.

”São outros processos importantes para o desenvolvimento regional. A concessão do aeroporto vai permitir que ele seja revitalizado e receba os investimentos necessários para atender melhor os passageiros e a aviacão comercial. A obra de Imbituba será feita com recursos dos dividendos do Porto administrado pelo estado, autorizados pela União e será o maior investimento público individualizado já realizado na infraestrutura do município”, completa.

CRICIÚMA
O evento realizado na ACIC, reuniu representantes de diversas associações empresariais do Sul do Estado com operadores logísticos do Porto de Imbituba. A proposta articulada com a SPAF teve o objetivo de discutir as ações do governo de Santa Catarina no setor logístico, ouvir demandas e aproximar o setor produtivo que atua em processos de importação e exportação.

O secretário Beto Martins propôs a criação de uma Câmara de Comércio Exterior para discutir os temas da região com associações comerciais, administração do Porto de Imbituba, TIS, FTC, Santos Brasil tendo a Spaf como moderadora.

”Importante esta aproximação com o setor produtivo da região sul. Podemos ouvir demandas, apresentar as ações do governo Jorginho Mello, e buscar soluções para o desenvolvimento do sul, no aspecto dos nossos equipamentos logísticos, afirma.

“Tivemos uma participação expressiva, de valor. Essa união entre o setor privado, o poder público e as instituições de ensino é de suma importância para o desenvolvimento do Sul de Santa Catarina”, avalia Valcir José Zanette, presidente da Acic.

Zanette lembrou que, na atual gestão, os diretores da entidade estão divididos em grupos de trabalho voltados a eixos estratégicos, como os negócios internacionais.

Últimas