16.7 C
Criciúma
sexta-feira, junho 21, 2024

Bens de R$ 18,7 milhões da Carbonífera Criciúma vão a leilão

A 1ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Criciúma autorizou a realização de leilão de máquinas, equipamentos e demais bens que integram a massa falida da Carbonífera Criciúma – que já foi uma das maiores empresas de mineração de Santa Catarina – no próximo mês de junho. Os lotes incluem ainda mais de 20 terrenos nas cidades de Criciúma, Lauro Müller e Forquilhinha, direitos de mineração em áreas da região sul do Estado e até um depósito de rejeito de carbono.

Os bens estão avaliados em R$ 18,7 milhões, mas podem ser arrematados por valores menores em segunda ou até terceira chamadas. Os lances poderão ser feitos online. Como os bens estão divididos em quatro lotes, há datas diferentes para o término de recebimento de propostas, que variam entre 2 e 19 de junho. Os editais completos e detalhes do que está colocado à venda podem ser encontrados no site do leiloeiro público: www.danielgarcialeiloes.com.br.

A Carbonífera Criciúma teve falência decretada em agosto de 2021, após infrutífero plano de recuperação judicial iniciado em 2015. Atualmente, a dívida acumulada é de R$ 477 milhões – pouco mais de R$ 100 milhões com ex-funcionários.

As propostas podem ser entregues entre os dias 2 e 19 de julho

Últimas