Criciúma: Sentimento de dois pontos perdidos

Logo após o jogo, o diretor executivo de futebol do Criciúma, Juliano Camargo, lamentou a vitória que escapou das mãos do time


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Recife/PE

- PUBLICIDADE -

Logo após o jogo, o diretor executivo de futebol do Criciúma, Juliano Camargo, lamentou os pontos perdidos na Ilha do Retiro.“A gente sai com o sentimento de ter perdido dois pontos. A performance foi suficiente para ganhar os três pontos aqui. Paciência. Somamos ponto e isso é o mais importante. Voltamos, agora, para casa e lá a gente é bem forte e precisamos somar os três pontos contra o Guarani”, comenta.

O técnico Cláudio Tencati segue na mesma linha e lamenta o estado do gramado da Ilha do Retiro na realização do jogo de ontem.“O gramado atrapalhou muito o andamento do jogo, principalmente para nós. Temos uma característica de envolvimento de jogo, algo particular, e, infelizmente, isso nos prejudicou bastante. Sustentamos até os 40 minutos do segundo tempo e tomamos o gol numa bobeira de saída de funil de área para proteger e tomamos. Não temos que lamentar. Acredito que o campeonato é difícil. Claro que a vitória nos traria uma alegria maravilhosa, seriam quatro pontos fora, com já fizemos, mas não ocorreu. Temos que comemorar o empate”, destaca.

Tencati também fez questão de exaltar os méritos do Sport no gol de empate da partida. “Não houve só erro do Criciúma, mas mérito do adversário. A gente sempre analisa assim: você erra. Quando se toma um gol, você errou. Não! Mérito do adversário. No primeiro gol, mérito do Criciúma. Nós construímos o lance. Assim, como o Sport. Têm alguns erros nossos ali, que nós já vimos, já sabemos, mas não temos que apontar quem errou ou não. Foi o sistema defensivo inteiro: laterais, volantes e zagueiros. Entendemos que tem mérito do adversário e enfrentar o Sport aqui não é fácil”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.