Criciúma: Atletas do Mampituba disputam Mundial Escolar na França

O clube terá representantes no basquete feminino, atletismo e tênis de mesa


- PUBLICIDADE -

Criciúma

Atletas da S.R. Mampituba representam o Brasil e disputam os Jogos Escolares Mundiais, o Gymnasíade. A competição ocorre a partir de hoje, dia 14, até 21 de maio na região da Normandia na França. O clube terá representantes no basquete feminino, atletismo e tênis de mesa.

- PUBLICIDADE -

Atual campeã Sul-Americana da Juventude, a atleta da S.R.Mampituba/FME Criciúma/DME Nova Veneza, Luísa Lummertz, irá disputar o salto em altura e já está na França. “Logo após uma grande conquista, no último final de semana, ela já tem esse grande desafio. Tenho certeza que está preparada e fará uma boa prova. Estamos muito felizes de ver ela em mais uma competição internacional”, comenta o técnico de atletismo da S.R.Mampituba/FME Criciúma/DME Nova Veneza, Roberto Bortolotto.

Da mesma forma, a equipe 3×3 da S.R. Mampituba/FME Criciúma/Satc busca conquistar um bom resultado no Gymnasíade. A equipe composta por Raíssa, Brenda, Aninha e Paulinha com a supervisão da técnica Deise Bernardo conquistou a vaga na competição ao ser campeã da etapa brasileira em Maricá no Rio de Janeiro. “É muito importante ver nossa equipe participando de uma competição como essa. Mostra que estamos levando o nome do clube e de Criciúma para o Brasil. Por isso, também, tivemos recentemente mais duas convocações para a Seleção Brasileira Sub-18”, ressalta a coordenadora técnica da equipe, Luana Minotto.

A mesatenista, Maria Eduarda Magagnin, da S.R. Mampituba/FME Criciúma viajou ontem, dia 13, para França. Maria conquistou a vaga no Gymansíade ao ficar com o bronze na etapa brasileira da competição em Aracaju, no Ceará. “É uma competição difícil com um alto nível técnico. Esperamos que ela tenha um bom desempenho na competição. Ficamos felizes de ter uma atleta da nossa equipe disputando em um evento internacional”, comenta o coordenador técnico da equipe, Alexandre Ghizi.

Para o diretor de Projetos e Rendimento do Mampituba, Jorge Fernandez, é um orgulho para o clube ver esses atletas disputando em uma competição mundial. “Ficamos muito felizes e isso é fruto do grande trabalho desenvolvido por nossas equipes. Muito mais que isso, de levar o nome do Mampituba e o Sul catarinense para o Brasil e o mundo”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.