Acic é contemplada com o Selo de Inovação Social da Abadeus

O selo poderá ser utilizado pelas empresas e instituições durante um ano em todos os seus materiais gráficos


- PUBLICIDADE -

Associação Empresarial de Criciúma (Acic) foi contemplada com o Selo de  Inovação Social da  Associação Beneficente Abadeus, por contribuir e apoiar o I Fórum Internacional de Inovação Social. O evento, que reuniu aproximadamente 300 pessoas, no dia 26 de abril, foi realizado no auditório da Acic.

“Nós só conseguimos realizar esse evento, com essa repercussão, porque tivemos parceiros incríveis que acreditam na proposta da Abadeus, que acreditam na inovação social e estão de coração aberto para juntos reduzirmos as desigualdades, fortalecer o S do ESG, trabalhando o social junto com o meio ambiente e governança, olhando para os setores públicos, privado, terceiro setor e comunidade de uma forma geral”, declara a diretora-executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro.

- PUBLICIDADE -

A entrega dos selos ocorreu na tarde dessa quinta-feira,19, na sede da Abadeus, durante encontro para agradecer os parceiros e patrocinadores pelo apoio ao Fórum, que celebrou os 62 anos da instituição e o primeiro ano de implantação do Centro de Inovação Social (Cisa). O selo poderá ser utilizado pelas empresas e instituições durante um ano em todos os seus materiais gráficos. O objetivo é ressaltar os segmentos públicos e privados engajados com o desenvolvimento econômico e social da região.

“A Acic se engradece em sediar um evento com a conotação e com a relevância do I Fórum Internacional de Inovação Social. É uma das bandeiras muito fortes da gestão da Associação Empresarial, a educação e, quando temos parceiros como a Abadeus fica mais fácil de se concretizar, a inclusão e o desenvolvimento das pessoas por meio da educação”, ressalta a diretora executiva da Acic, Maria Julita Volpato Gomes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.