30.4 C
Criciúma
quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Concessão do Aeroporto de Jaguaruna terá R$62,5 milhões de investimentos

José Adílio
Jaguaruna

A audiência pública realizada na tarde de ontem detalhou o contrato de concessão do Aeroporto Regional Sul Humberto Ghiso Bortoluzzi de Jaguaruna a ser celebrado ainda neste ano. Os investimentos a serem realizados ao longo dos 30 anos de contrato serão de R$ 62,5 milhões, com previsão de aplicação nos três primeiros anos de R$ 38 milhões. Recursos necessários para obra der alargamento da pista e ampliação do terminal de passageiros.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Atualmente o aeroporto de Jaguaruna tem uma média de 200 mil passageiros anos e movimento em torno de 200 toneladas de carga ao ano. A pista tem 30 metros de largura e pelo novo projeto passará para 45 metros de largura. Também o terminal de passageiros terá uma ampliação que irá triplicar o atual espaço. Para que a empresa vencedora comece a operar vo local, o Governo de Santa Catarina vai garantir um aporte de R$ 40 milhões.

O diretor de Desestatização e Parcerias da Secretaria da Fazenda, Ramiro Zinder, foi quem fez a explanação do projeto para as pessoas que estavam acompanhando pessoalmente e também para as que estavam acompanhando de forma virtual. Segundo ele, com a ampliação da nova pista será possível o aeroporto regional de Jaguaruna receber voos internacionais. O novo terminal a ser construído terá capacidade para 270 mil passageiros.

No mês de maio, os técnicos da Secretaria de Infraestrutura de Santa Catarina irá fazer a apresentação do projeto para futuros investidores. Pelo cronograma, o edital de licitação deverá ser lançado em agosto, a empresa vencedora da licitação será conhecida em outubro e o contrato assinado no mês de dezembro.

“É o que chamamos de concessão patrocinada. Com a agilidade da iniciativa privada, a operação vai garantir a celeridade necessária e trazer os tão sonhados investimentos”, explica o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, tenente-coronel Thiago Vieira.

Estão previstas, nestes primeiros anos de concessão, melhorias relacionadas à modernização da ferramenta e dos processos do aeroporto, alargamento da pista, melhorias no terminal, ampliação de banheiros, área de espera, entre outros.

Independentemente do processo de concessão, a SIE permanece trabalhando nas melhorias do aeroporto. “O Aeroporto Regional Sul, de Jaguaruna, era uma das estruturas que estava prestes a fechar no começo dessa gestão de Governo. Hoje é a principal conexão do Sul de Santa Catarina com o Brasil e com o mundo”, comemora Vieira.

Últimas