Polícia identifica suspeito de roubos em Urussanga e Morro da Fumaça

O homem, de 21 anos, será interrogado e encaminhado para o Presídio Regional de Criciúma, sendo que outras provas estão sendo colhidas

Foto: Divulgação/ Delegado Ulisses Gabriel
- PUBLICIDADE -

Uma ação conjunta das Delegacias de Polícia de Urussanga e Morro da Fumaça identificaram o suspeito de um furto em Urussanga e dois roubos em Morro da Fumaça. O autor do crime foi preso temporariamente na tarde desta segunda-feira, 02. Ele estava residente na Cohab Bom Jesus II.

O primeiro crime aconteceu no dia 06 de julho de 2021, por volta de 10:14 horas, no interior do Althoff Supermercados, situado em Urussanga, mais precisamente na Rua Barão do Rio Branco, Centro, restou subtraída a motocicleta Honda/CG 125 Titan, além de um capacete. Após a subtração, o autor do furto rumou para Morro da Fumaça, cidade onde foram praticados dois crimes de roubo, ambos com uso de faca, conforme dois boletins de ocorrência registrados naquela cidade.

- PUBLICIDADE -

Por volta de 11:45 horas, o autor do furto entrou em uma loja situada na Rodovia Tranquilo Sartor, Bairro Maccari, Morro da Fumaça/SC, oportunidade na qual rendeu a funcionária com uma faca e subtraiu R$ 300,00. Minutos depois, por volta de 11:50 horas, adentrou em um mercado, situado na Rua Luiz Casagrande, Bairro Flotação, Morro da Fumaça/SC, e, fazendo uso de uma faca, subtraiu R$ 600,00 e um aparelho telefônico marca Samsung, modelo Galaxy.

O suspeito, de 21 anos, será interrogado e encaminhado para o Presídio Regional de Criciúma, sendo que outras provas estão sendo colhidas. Ele estava em livramento condicional, cumprindo 8 anos, cinco meses e dez dias de prisão por roubos e adulteração de sinal identificar de veículo.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.