Um novo empreendimento turístico para a região Sul

Localizado em Pedras Grandes, antigo balneário São Pedro dará espaço para um moderno hotel com atrativos que contemplam as águas termais e atividades de lazer

Foto: Guilherme Cordeiro/ TN

- PUBLICIDADE -

Pedras Grandes

Inaugurado na década de 50, o Balneário São Pedro, localizado em Pedras Grandes, já esteve entre as principais estâncias de águas termais do Estado. Com o passar dos anos, o complexo, que possuía um hotel com 50 apartamentos e uma estrutura ampla, interrompeu as atividades sem anunciar um motivo específico. Um projeto moderno e robusto solicitado pelos proprietários do terreno, deve dar espaço a um novo ponto turístico no Sul de Santa Catarina.

- PUBLICIDADE -

“Este é um investimento privado da família Sartor. Eles são proprietários do requerimento do subsolo, da fonte das águas termais e também do terreno. Lá, já funcionou o antigo Hotel São Pedro e agora deve virar um resort que vai atender toda a região”, explica o prefeito de Pedras Grandes, Agnaldo Fillipi. O valor orçado para a obra atinge aproximadamente R$ 30 milhões. “A família está com o projeto pronto para ser executado”, acrescenta. Hoje, a localidade faz limite com os municípios de Urussanga, Morro da Fumaça e Cocal do Sul.

Atualmente, o processo para construção das Thermas de São Pedro está em fase de licenciamento ambiental para, posteriormente, dar início às obras. A reabertura do espaço também deve contar, além do hotel, com restaurantes, SPA, capela, piscinas termais, centro esportivo e um memorial. Após a conclusão das etapas burocráticas, os trabalhos devem durar cerca de dois anos. “Nós já apresentamos, inclusive, ao governador, no dia em que ele esteve aqui assinando o convênio para a rota da imigração italiana”, enfatiza o prefeito.

A água que passa pelo terreno da família Sartor possui a temperatura média de 34°C e é indicada para o tratamento de algumas doenças, como reumatismo, úlceras, cálculos renais e biliares, insuficiência hepática e da pele. “Esse resort, o São Pedro, significa muito para o município, porque nós não temos praticamente nenhuma oferta de quartos de hotel em Pedras Grandes”, acrescenta Fillipi.

As águas que saem das profundezas do terreno possuem uma vazão de 180 metros cúbicos por hora. “É um espetáculo, não tem sentido a água ir embora sem deixar nada, no ponto de vista econômico. Para família, mas também para o município e para a região. É um empreendimento que vai alavancar muito o turismo”, pontua o prefeito.

Investimento na infraestrutura

Com o desenvolvimento na área, a administração municipal busca viabilizar o asfalto total no acesso às Thermas. “Nós fizemos na comunidade de Ribeirão da Ilha mais um trecho de pavimentação que vai em direção àquela área. A prefeitura tem um projeto sendo desenvolvimento para pavimentar toda a extensão onde é de domínio de Pedras Grandes”, pontua o prefeito. “Ali, naquele local, nós também temos interesse em mudar o curso da estrada e construir mais uma ponte”, completa Fillipi.

O impulso ao turismo acabou tornando-se uma das bandeiras levantadas pela atual gestão do município. “A prefeitura trabalha muito forte o desenvolvimento do setor turístico. E eu estou trabalhando muito para pavimentar a nossa entrada na rota da SC-390 e também a rodovia da Imigração Italiana, com um investimento de R$ 18 milhões, que através do Governo do Estado, nós estamos aportando em Pedras Grandes”, frisa Líder do Executivo. “O turístico é um setor importante que nós queremos alavancar”, finaliza.

Curiosidades sobre o antigo balneário

Quando foi inaugurado, o Balneário São Pedro era um dos pontos mais visitados no Sul de Santa Catarina. E a informação faz jus à época, já que em 1969, o general Ernesto Geisel, antes de tornar-se presidente do Brasil, ficou hospedado no espaço. Poucos anos depois, o cantor Roberto Carlos também teve sua presença registrada no local.

Mas além das celebridades, jovens e famílias de toda a região, além de demais localidades, também frequentavam o balneário.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.