Foragido, Zé Trovão pede asilo político no México

Pedido foi protocolado ainda no dia 3 de setembro, dias antes das manifestações de 7 de setembro

Foto: reprodução redes sociais

- PUBLICIDADE -

Uma semana após as manifestações de 7 de setembro e o início da paralisação dos caminhoneiros no Brasil, a defesa de Zé Trovão, que está foragido no México, anunciou que o caminhoneiro e principal organizador das manifestações, protocolou pedido oficial de asilo político, como refugiado político.

Alegando perseguição política no Brasil, Zé Trovão protocolou o pedido ainda no dia 3 de setembro, dias antes das manifestações. No pedido, é possível confirmar que ele deixou o país muito antes dos atos considerados antidemocráticos. O pedido de prisão do caminhoneiro foi feito pelo ministro do STF (Superior Tribunal Federal) Alexandre de Moraes após descumprimento da ordem para que Zé Trovão não incitasse os atos.

- PUBLICIDADE -

Segundo o documento, Zé Trovão deixou o Brasil no dia 27 de agosto e chegou ao México no dia 31 de agosto, uma semana antes do 7 de setembro. O motivo alegado no pedido: perseguição política. Do México, Zé Trovão continuou gravando e publicando vídeos pedindo para que a população “parasse o país”. Até o momento, não há informação sobre a decisão das autoridades mexicanas.

Fonte: ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.