- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Jaraguá do Sul

- PUBLICIDADE -

Fotos: Celso da Luz/CEC

A primeira vitória do Tricolor Carvoeiro, na Copa Santa Catarina, veio na noite desta quarta-feira: 2 a 0 diante do Juventus, em Jaraguá do Sul. Os gols do jogo foram marcados nos últimos 20 minutos. Renan Areias, que entrou no segundo tempo, após boa jogada de Silvinho e Helder, abriu o placar. Nos acréscimos, aos 48 minutos, Silvinho avançou pelo meio, bateu forte e ampliou: 2 a 0. Atuando com o que tem de melhor, a equipe, comandada ontem por Luciano Almeida, teve um jogador a mais, nos últimos 17 minutos de jogo, e mesmo pecando nas finalizações, conseguiu superar os donos da casa. Faltou também capricho para os donos da casa, que desperdiçaram chances de gols e perderam a partida. Em dois confrontos, o Criciúma se aproxima dos quatro primeiros colocados – aguardando o final da rodada, no final de semana, para conhecer a posição na tabela, após dois jogos. O próximo desafio da equipe carvoeira é no sábado, pela Série C, diante do Figueirense, na Capital. Já classificado, o Tigre apenas cumpre tabela. Pela disputa catarinense, o Criciúma visita, na próxima quarta-feira, dia 29, o Caçador, pela terceira rodada.

O time da casa não se intimidou com a escalação titular do Criciúma e partiu para cima do Tricolor Carvoeiro. Aos três minutos, Pablo avançou pelo meio e foi derrubado por Dudu Vieira. Falta. Na cobrança de Marllon, a bola bateu na zaga e foi afastada. A resposta do Tigre veio no minuto seguinte. A primeira chegada forte foi com Henan, que invadiu a área pela direita e bateu cruzado para fora.  Aos cinco minutos, Iago Hass saiu jogando errado, Eduardo pegou a sobra na direita e cruzou na área para Henan, que não tocou na bola, mas enganou o camisa 1 do Juventus, mas a bola caprichosamente saiu pela linha de fundo. Quase o primeiro gol do Criciúma. Dois minutos depois, Eduardo cruzou novamente da direita, a Maurício rebateu, a bola pegou em Éverton Dias e os jogadores do Criciúma reclamaram de pênalti, mas o árbitro nada marcou. Partida movimentada em Jaraguá do Sul.

Aos 11 minutos, Silvinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou, Eduardo recebeu e chutou, mas a bola pegou em Henan e não chegou ao gol do Juventus. O Tigre se organizou em campo, melhorou e tomou conta do jogo. Aos 13 minutos, Alemão recebeu lançamento na direita, entrou na área e cruzou rasteiro, mas Silvinho não alcançou. O Criciúma empilhava chances e desperdiçava todas elas.

Aos 17 minutos, Genilson foi lançado pela direita, passou pela marcação e cruzou, mas Tássio chutou prensado e Gustavo afastou de soco. Em partida intensa, Eduardo foi derrubado, aos 19 minutos, pela direita. A partir dos 20 minutos, o Juventus acertou a marcação e passou a dificultar os avanços carvoeiros. O jogo ganhou em marcação e muitas faltas de ambos os lados. Aos 28 minutos, após cobrança de escanteio à meia altura, Everton Dias desviou e Maurício finalizou em cima de Gustavo. Boa defesa do goleiro do Tigre.

Na metade final da primeira etapa, o Criciúma teve dificuldades para acertar passes pelo meio e a marcação ficou mais distante. Assim, o Juventus chegou ao ataque com mais força, mas errando muitos passes na frente, e o Tigre se limitava a arriscar as ações pelos lados. Aos 45 minutos, Matheus Claudino errou a saída de bola, Helder avançou pelo meio e bateu forte, mas Iago Hass foi no ângulo superior direito do gol e colocou pela linha de fundo. Grande defesa do camisa 1 do Juventus. O primeiro tempo encerrou sem gols para ambos os lados.

Com a expulsão no adversário, surgem o gols da vitória

Aos três minutos, Maranhão encontrou bem Alemão, dentro da área, pela direita, sozinho, mas o camisa 2 do Criciúma parou em Iago Hass, que evitou o gol carvoeiro. Aos seis minutos, o mesmo Alemão apareceu pela direita e cruzou para Henan, que cabeceou alto, no meio da área, sozinho. Nova chance desperdiçada pelo Tigre. Aos sete minutos, foi a vez do Juventus perder uma oportunidade: Genilson cruzou da direita e PH bateu fraco, pelo meio, para fácil defesa de Gustavo. Incrível a chance perdida pelo ex-jogador do Criciúma.  Aos 11 minutos, Maikon Leite recebeu, na entrada da área, limpou a marcação e bateu fraquinho para nova defesa do camisa 1 do Criciúma. A partida seguia movimentada, mas sem a bola balançar a rede.

Com muita marcação e faltas de ambos os lados, a partida ficou mais truncada. Aos 24 minutos, Eduardo avançou bem pelo meio e foi derrubado por Cesinha. Falta na intermediária, perto da meia lua. Silvinho cobrou na barreira e desperdiçou boa chance para o Tricolor Carvoeiro na partida. Aos 28 minutos, Maurício derrubou Marcão, na entrada da área, e fez uma falta perigosa. O zagueiro do Juventus já tinha cartão amarelo, levou o segundo e foi expulso. O Tigre ficou com um jogador a mais nos últimos 17 minutos de partida. Maranhão bateu, a bola passou pela barreira e Iago Hass pegou.

Aos 31 minutos, Renan Areias foi derrubado pela direita. Falta. Na cobrança, Leo Costa rolou para Marcel Scalese que bateu forte, mas a bola subiu muito e não passou nem perto do gol defendido por Iago Hass. Com um a mais em campo, o Criciúma chegou ao gol da vitória. Aos 36 minutos, Silvinho fez boa jogada, encontrou Helder na esquerda que cruzou bem para Renan Areias, que completou para o gol: 1 a 0 para o Criciúma. Aos 38 minutos, Marllon cobrou falta direto para o gol e quase surpreendeu Gustavo. No final, ainda deu tempo do segundo gol: Silvinho avançou pelo meio e bateu da intermediária para fazer 2 a 0 aos 48 minutos do segundo tempo. O Tricolor Carvoeiro garantiu a primeira vitória na Copa Santa Catarina.

Copa Santa Catarina – Turno Único – 2ª Rodada

Quarta-feira (22/09) – 20 horas – estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul

JUVENTUS

Iago Hass; Genilson (Felipe Gregório), Mauricio, Éverton Dias e Cesinha; Matheus Claudino, PH (Jeffinho), Marllon e Pablo; Maikon Leite (Marcos Paulo) e Tássio. Técnico: Tuca Guimarães

CRICIÚMA

Gustavo, Alemão, Rodrigo, Marcel Scalese e Hélder (Pedro Rosa); Dudu Vieira (Renan Areias), Arilson, Eduardo (Léo Costa) e Maranhão (Dudu Figueiredo); Silvinho e Henan (Marcão). Técnico: Luciano Almeida

Arbitragem: Edson da Silva; Auxiliares: Fabiano Coelho da Silva e Fábio Eduardo de Almeida

GOLS: Renan Areias (36/2T) e Silvinho (48/2T)

Cartões Amarelos: Maurício, Tuca Guimarães (técnico) e Cesinha (J); Helder e Dudu Figueiredo (C).

Cartões Vermelhos: Maurício (J)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.