Criciúma: Palmeirinhas reabrirá em setembro

Clube já conta com mais de 100 associados e diretoria planeja uma grande reinauguração com a presença de autoridades

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Reativada desde o segundo semestre do ano passado, a tradicional Associação Desportiva Palmeirinhas – localizada no bairro Jardim Angélica, em Criciúma – já tem prazo para reabertura: setembro deste ano. “Talvez, a gente consiga antecipar para agosto. Mas, setembro, com certeza. O tempo precisa ajudar para que o pessoal consiga terminar as obras. A cobertura será entregue em até 60 dias e o clima está ajudando. A obra está bem adiantada”, comenta o presidente do clube, Carlinhos Martinhago.

A manutenção está sendo feita na sede do clube. Obras no forro e na parte elétrica ainda serão executadas. “A parte elétrica será feita por uma empresa e a parte do forro será em isopor, algo bem moderno, e o contrato já está fechado com a outra empresa que vai fazer. É tudo por etapas”, destaca Martinhago.

O campo de futebol suíço será disponibilizado para a locação de não-sócios do clube e também passa por melhorias. O gramado permanecerá o mesmo. “Futuramente, estamos pensando em colocar sintético. Mas, no momento, vai ficar a grama natural, que é boa. O campo já está todo com alambrado ao redor, que antes não tinha, e ele será reaberto no mesmo dia”, enfatiza o mandatário.

A estrutura será reduzida para a construção de quadras de futevôlei e beach tennis. “Então, serão duas quadras e um campo de futebol suíço”, reforça o presidente.  A intenção da diretoria é fazer uma grande reinauguração oficial, mas apenas para convidados. “Vamos convidar autoridades e fazer algo para chamar a atenção”, pontua Martinhago.

Cancha de bocha terá padrão oficial

Uma das mais notáveis melhorias do Palmeirinhas está na cancha de bocha. Ela terá o mesmo padrão das disputas oficiais regulamentadas pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). “A cancha de bocha foi aumentada em um metro e meio. Estive na prefeitura de Criciúma falando com o pessoal da Fundação Municipal de Esportes, pois queremos realizar partidas dos Jogos Abertos, quando ocorrerem na cidade, aqui na Associação. Eles me passaram as orientações e padrões da Fesporte e nós estamos seguindo. Teremos uma cancha profissional aqui”, pontua.

O campo de futebol suíço será colocado em um projeto similar ao do Mampituba: o dia do associado com jogos recreativos – provavelmente no sábado à tarde. O restante será totalmente dedicado para particulares.“O campo vai ser disponibilizado também para não-sócios. Quem quiser alugar para jogar com um grupo de amigos, não precisa ser sócio. Ele vem aqui e aluga normalmente, mediante um cadastro, com vinculo mensal”, explica o presidente.

As locações serão a forma como o clube obterá renda, juntamente com a mensalidade dos sócios. “O clube precisa se manter. Então, abriremos o beach tennis e o futevôlei também para não-sócios. Estamos conversando para reservar os quiosques apenas para os associados. Serão 10 quiosques embaixo das árvores. A cancha de bocha e a academia serão apenas para sócios também. A parte de futebol suíço, futevôlei e beach tennis teremos que reabrir para não-sócios para poder manter”, ressalta.

Trabalho conta com apoio maior

Desde agosto do ano passado, a atual diretoria do Palmeirinhas vem recebendo cada vez mais o apoio de outras pessoas da comunidade. “A diretoria continua a mesma, apenas recebemos mais apoio de pessoas que estão acreditando em nosso trabalho. Alguns, no início, ficaram meio incrédulos, mas depois o pessoal viu a evolução. Tudo está acontecendo em uma velocidade grande. É algo até surpreendente. Nós não imaginávamos que seria tão rápido”, comenta Carlinhos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.