Escola Bairro Bortolotto terá aulas do Projeto Sanitarista Júnior

Estudantes do quarto ano da escola vão participar do projeto que é desenvolvido em toda Santa Catarina

Divulgação

- PUBLICIDADE -

O sucesso da Rifa da Fazendinha, promovido pela Escola Bairro Bortolotto, ainda rende bons frutos para Nova Veneza. Além da repercussão nacional que a venda dos bilhetes causou, o município foi contemplado pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC) com o Projeto Sanitarista Júnior, que será iniciado no ano letivo de 2022. O evento com a entrega das cartilhas e assinatura do termo de compromisso foi realizado na manhã desta quinta-feira (18), com a presença do Presidente do órgão, Antônio Plínio de Castro Silva.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A iniciativa busca promover a mudança de atitudes a respeito dos problemas sanitários.“É um programa que foi criado há cinco anos, em âmbito estadual, e hoje vamos iniciar aqui na escola da fazendinha. É importante para que o aluno possa começar a ter intimidade com a responsabilidade sobre os alimentos, com a questão ambiental e a defesa agropecuária”, destaca o Presidente.

Em todo o Estado, o projeto contempla mais de 15 mil alunos do 4º ao 6º ano do ensino fundamental. “São 250 escolas que aderiram ao programa. E estamos muito felizes em retornar para Nova Veneza, onde vamos ter um profissional exclusivo aqui na escola que vai ministrar todos os conteúdos multidisciplinar, com o apoio de um material didático para trabalhar nas aulas”, conta Silva.

Os alunos irão aprender ações em defesa da agropecuária, conhecerem os trabalhos desenvolvidos pela CIDASC na garantia do bem-estar animal, formas de preservação e ações voltadas ao meio ambiente. As aulas serão ministradas pela médica veterinária da Companhia e uma professora da escola.

O prefeito em exercício, Élzio José Milanez, destaca que a CIDASC sempre foi uma grande parceira do município. “É uma alegria ter, novamente, um escritório da Companhia aqui em Nova Veneza, porque entendemos a importância deste órgão nos municípios. E ao trazerem um projeto deste porte para a Escola Bairro Bortolotto, aumenta ainda mais a qualidade de ensino na nossa cidade. Porque quanto mais conhecimento nossas crianças tiverem acesso, mais oportunidades elas terão no futuro”, afirma.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.