14.7 C
Criciúma
terça-feira, maio 28, 2024

Nova sede do Legislativo de Criciúma próxima de virar realidade

Atual presidente da Câmara de Vereadores, Jair Alexandre (PL), falou ontem sobre futuro do projeto

Criciúma
Paulo Paixão
politica@tnsul.com

Durante a sessão ordinária de ontem da Câmara de Vereadores de Criciúma, o presidente da Casa, pastor Jair Alexandre (PL), usou a Tribuna para anunciar que os últimos detalhes que faltavam ao processo para a construção da nova sede do Poder Legislativo foram finalizados.

Segundo ele, faltava a matrícula de um dos terrenos onde será construída a nova Câmara e, nos últimos dias, este documento foi conseguido, o que agora, qualifica que junto à Prefeitura seja dada a continuidade ao processo.

“Isso nos qualificou junto à Prefeitura, depois da análise de todos os projetos complementares, ser aprovado o alvará para a construção. Semana que vem estaremos reunidos com a comissão que vai dar seguimento à construção”, disse o presidente Jair Alexandre.

PRÓXIMOS PASSOS

Para dar prosseguimento a este tão esperado projeto, a Câmara de Vereadores, através do Setor de Licitações, deverá dar início aos trabalhos para a contratação de uma assessoria para fazer todo o processo de licitação. “Nós temos pressa porque essa Casa já está há mais de 40 anos nessa luta, nessa batalha, e eu acredito que neste ano iremos dar o pontapé e começar a construção dessa Câmara e, quem sabe, daqui a três anos, estaremos fazendo a inauguração da sede da Câmara. Isso não é uma questão de vaidade, e sim de necessidade”, comentou o vereador.

Economia de meio milhão de reais por ano

A construção da nova sede será em um terreno que fica ao lado do Ginásio Municipal Irmão Walmir Orsi, na Avenida Santos Dumont. O projeto é orçado em R$ 20 milhões e deverá ser executado com recursos próprios do Poder Legislativo.

A estimativa é de que quando estiver pronta, haverá uma economia anual de R$ 500 mil para o Legislativo criciumense.

Leia mais matérias completas na edição desta quarta-feira, dia 15, do jornal impresso Tribuna de Notícias. Ligue para 48 3478-2900 e garanta sua assinatura.

Últimas