19.2 C
Criciúma
quarta-feira, julho 17, 2024

Santa Catarina registra primeira morte devido às fortes chuvas

Há registro de uma pessoa ferida, em Caçador. Pelo menos 155 pessoas estão desalojadas e 26 desabrigadas

Segundo o Relatório emitido pela Secretaria da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina (SDC), na manhã desta sexta-feira, dia 3, o estado tem uma morte confirmada, em Ipira, em decorrência das fortes chuvas. Há registro de uma pessoa ferida, em Caçador. Pelo menos 155 pessoas estão desalojadas e 26 desabrigadas. Os municípios de Araranguá, Praia Grande e São João do Sul decretaram situação de emergência e até o momento, 33 cidades registraram ocorrências. Equipes do Governo do Estado seguem trabalhando de maneira integrada para prestar a assistência necessária à população atingida.

Nos últimos dias, o estado de Santa Catarina tem sido atingido por fortes chuvas, causando preocupações e transtornos para a população. As precipitações intensas têm provocado inundações, deslizamentos de terra e dentre outros riscos associados, como alagamentos e enxurradas.

Várias regiões do estado foram afetadas, com registros de ruas alagadas, casas danificadas, desabrigados e desalojados. Estruturas e órgãos do governo estadual estão trabalhando de forma integrada para garantir a segurança da população e prestar assistência onde necessário.

Conforme informações das 20 coordenadorias regionais de Proteção e Defesa Civil, os municípios com ocorrências são: 

  • Regional de Caçador, dois municípios registraram ocorrências (Caçador e Ibiam); 
  • Regional de Criciúma (Orleans, Içara, Criciúma, Urussanga, Balneário Rincão); 
  • Regional Araranguá (Praia Grande, São João do Sul, Araranguá); 
  • Regional de Lages (São Joaquim, Urupema, Painel); 
  • Regional Curitibanos (Vargem); 
  • Regional Joaçaba ( Capinzal, Lacerdópolis, Ouro); 
  • Regional Concórdia (Alto Bela Vista, Arabutã, Peritiba, Piratuba, Presidente Castello Branco, Ipira, Concórdia, Itá); 
  • Regional Chapecó (Águas de Chapecó, São Carlos); 
  • Regional Xanxerê (Ponte Serrada, Passos Maia, Vargeão); 
  • Regional Maravilha (Palmitos); 
  • Regional São Miguel do Oeste (Itapiranga, Mondaí).

Não foram solicitados itens de assistência humanitária até o momento.

Vale ressaltar que o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), durante as fortes chuvas, está operando em nível amarelo, MONITORAMENTO INTENSIFICADO para acompanhamento do cenário meteorológico e atendimentos.

Municípios com risco de deslizamento

Maiores volumes de precipitação registrados nas últimas horas

Recomendações para a população

  • Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas locais nas redes oficiais da SDC;
  • Não trafegue em áreas sujeitas a alagamentos;
  • Não transite em pontes ou pontilhões submersos;
  • Cuidado redobrado com crianças próximas a rios ou ribeirões;
  • Reforce a segurança em telhados e estruturas que possam ser afetadas por ventos fortes;
  • Evite atividades ao ar livre durante temporais e busque local abrigado;
  • Fique atento a inclinação de postes e árvores;
  • Fique atento aos movimentos de terra ou rochas próximas a sua residência;
  • Fique atento a rachaduras em muros e paredes.

Avisos e Alertas da SDC

A Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina reitera a necessidade de acompanhar diariamente os avisos e boletins devido às constantes atualizações nos modelos de previsão do tempo.

*Via Governo do Estado de Santa Catarina

Últimas