14.7 C
Criciúma
terça-feira, maio 28, 2024

Tigre tem desafio complicado, fora de casa, no Brasileirão

Diante do Atlético-MG, na Arena MRV, Criciúma busca pontuar, diante de um dos grandes elencos da competição. Equipe titular deve ter mudanças para a partida desta noite em Belo Horizonte

Tiago Monte

Belo Horizonte/MG

O Tricolor Carvoeiro terá uma partida difícil, hoje, a partir das 20 horas, diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte. Será a primeira vez que o Tigre atuará na Arena MRV, o recém-inaugurado estádio do Galo.

Não é segredo para ninguém que o primeiro objetivo do Tigre será pontuar. Ou seja, voltar com um empate. “Jogo difícil, a gente sabe. A gente vai pra lá pra pontuar. Obviamente, se conseguir vencer é maravilhoso. É um jogo extremamente difícil, mas a gente vai fazer o possível pra voltar de lá com um grande resultado”, comenta o goleiro Alisson, que deve ser titular novamente.

O Criciúma deve ser bastante atacado, desde o início do jogo. Assim, a zaga deve ter concentração redobrada em toda a partida. “Você não pode encarar uma partida diferente da outra. Acho que não é o ideal fazer dessa forma. Então, sem dúvida nenhuma, é um grande adversário, com grandes jogadores, renomados, mas eu acho que, assim como a nossa equipe já provou em outros momentos, pode provar de novo, fazer uma grande partida, com nível de concentração altíssimo, obviamente, que vai exigir, para poder voltar com um excelente resultado de lá”, pontua o goleiro.

Esquema tático pode ser alterado

O técnico Cláudio Tencati deu indícios de mudança, inclusive, de esquema tático para a partida de hoje. No treino de segunda-feira, ele posicionou o time com cinco meio-campistas. Além disso, uma dobra, no lado esquerdo, com Trauco e Marcelo Hermes. Desta forma, o time titular deve ter: Alisson; Claudinho, Rodrigo, Wilker Ángel e Trauco; Barreto, Higor Meritão, Fellipe Mateus, Marquinhos Gabriel e Marcelo Hermes; Éder.

O zagueiro Tobias Figueiredo, o lateral Jonathan e o goleiro Gustavo devem seguir fora do time. Arthur Caíke é o principal candidato a começar como titular, caso Tencati mantenha o esquema em 4-4-2. Nesse caso, Barreto pode deixar o time. Yannick Bolasie e Felipe Vizeu correm por fora por uma chance entre os 11 jogadores que começam a partida.

O último treinamento aconteceu na manhã de ontem, no CT Antenor Angeloni. No começo da tarde, a delegação iniciou deslocamento para Belo Horizonte, onde chegou no começo da noite de ontem.

Elenco experiente em grandes partidas

Mesmo no ano que marca o retorno do Criciúma à Série A, o goleiro Alisson não teme o enfrentamento com os considerados grandes times do futebol brasileiro. Isso porque, segundo o jogador, o elenco carvoeiro já está acostumados a partidas difíceis e grandes desde a Série B, quando enfrentou Cruzeiro, Grêmio, Vasco e Bahia. “A gente já enfrentou algumas partidas também grandes, na própria Série B. Desde o ano retrasado, já tinham equipes grandes na Série B. Então, acho que todos já passaram por situações difíceis, situações de enfrentar adversários fortes, jogadores também de qualidade. Nós estamos preparados para fazer uma grande partida, com nível de concentração alto, entendendo aquilo que o professor vai pedir para nós como estratégia. Com certeza, ele vai fazer uma estratégia para que a gente possa fazer uma grande partida lá e pontuar”, destaca.

Alisson tem uma estatística curiosa. Desde o ano passado, sempre que ele está em campo, o Criciúma não perde. Com o goleiro como titular, em 2023 e 2024, foram nove jogos: cinco vitórias e quatro empates. O jogador reforça que o primeiro objetivo, hoje, é não perder. “O objetivo primeiro é não perder, depois, obviamente, ganhar. As pessoas perguntam:  ‘Ah, não tomou gol?’ Sim, não tomar gol é importante, mas vencer é o mais importante ainda. Então, sem dúvida nenhuma, eu vou levar esse fator positivo para que a gente possa novamente não perder e, se possível, sem dúvida nenhuma, vencer” , reforça.

Para Alisson, o segredo de estar sempre bem é treinar forte, esperando a oportunidade para jogar.“Vocês acompanham o treinamento: eu procuro sempre dar o meu melhor, me preparar bem. Procuro não ter vaidade nenhuma, em relação a não jogar ou jogar, porque eu sei que, a qualquer momento, pode pintar oportunidade, como pintou numa estreia do Brasileiro. Então, o que eu faço é procurar me preparar, dar o meu melhor para que, quando a oportunidade chegar, eu possa corresponder e ajudar o clube que é o mais importante”, comenta.

Campeonato Brasileiro – Série A – 2ª Rodada

Quarta-feira (17/04) – 20 horas – estádio Arena MRV, em Belo Horizonte (MG)

ATLÉTICO-MG

Everson; Mariano (Saravia), Mauricio Lemos, Igor Rabello e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco, Gustavo Scarpa e Igor Gomes (Alisson); Paulinho e Hulk. Técnico: Gabriel Milito.

CRICIÚMA

Alisson, Claudinho, Rodrigo, Wilker Ángel e Miguel Trauco; Barreto (Arthur Caíke), Meritão, Marquinhos Gabriel, Fellipe Mateus e Marcelo Hermes; Éder. Técnico: Claudio Tencati.

Arbitragem: Paulo Belence Alves dos Prazeres Filho (PE); Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE). VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ); AVAR: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Adriano de Assis Miranda (SP)

Últimas