14.7 C
Criciúma
terça-feira, maio 28, 2024

Reunião do Conselho Nacional de Educação acontecerá em Florianópolis

Capital catarinense sediará encontro do órgão com lideranças do ecossistema educacional dos três estados do Sul do Brasil, de 15 a 18 de abril

Os principais atores do cenário educacional, autoridades políticas, empresariais e representantes de classe do Sul do país se reunirão em Florianópolis a partir desta segunda-feira (15/04) até quinta-feira (18/04), durante a reunião itinerante do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Temas cruciais e proposições de soluções para os desafios da educação brasileira serão apresentados ao longo do evento que, além da solenidade de abertura, terá encontros temáticos, com abordagem de assuntos como o Plano Nacional de Educação; o papel das Instituições de Ensino Superior (IES) Comunitárias e o case do Programa Universidade Gratuita; os desafios futuros da Educação Profissional Tecnológica (EPT); a Formação Continuada de Professores; a Organização Acadêmica da Universidade Brasileira; a trajetória e desafios da Pós-Graduação Stricto Sensu; além da importância da Educação Infantil e da Educação Integral.

O evento conta com o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) e Serviço Social da Indústria (Sesi).

O presidente do Conselho Nacional de Educação, Luiz Roberto Liza Curi, lembra que o Sul é a terceira região a receber a reunião. Antes, os conselheiros estiveram no Norte e no Nordeste. “É muito importante que o CNE mantenha esta aproximação regional, pois é uma forma de estreitar laços, ampliar o diálogo e tornar o conselho mais acessível às demandas da sociedade em relação às políticas educacionais”, relata.

“A educação não é feita somente para educadores. A educação possui diversas interfaces que dependem da formação ampla, de massa e de qualidade. Santa Catarina é notável em diversos setores, então é importante que políticas sociais tenham visibilidade, já que o estado é um polo industrial portador de boas práticas”, acrescenta.

Anfitriões

A iniciativa é encabeçada por duas lideranças educacionais do estado que ocupam cadeira no CNE: o secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon, e a presidente da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) e reitora da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), Luciane Bisognin Ceretta.

“A reunião ordinária do CNE em Florianópolis, em abril, é um marco significativo, pois representa o compromisso do órgão em se aproximar das diversas realidades educacionais do país. É fundamental que o Conselho Nacional de Educação saia de Brasília e percorra o país, pois só assim poderemos compreender de forma mais profunda as demandas e necessidades específicas de cada região, contribuindo assim para a construção de políticas educacionais mais justas e eficazes”, pontua Luciane.

As ações acontecerão em três locais distintos: no Auditório do Centro Integrado de Cultura (CIC), na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e no Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina.

“É um orgulho para Santa Catarina sediar a reunião do Conselho Nacional de Educação, até porque o estado possui dois membros, possui bons exemplos e se destaca a nível nacional e internacional com atividades educacionais exemplares. Convidamos todos os nossos reitores, educadores e lideranças para participar e debater os temas importantes no decorrer deste encontro”, enfatiza o conselheiro e secretário de Estado da Educação de Santa Catarina, Aristides Cimadon.

Quatro dias de debates em torno da educação

A solenidade de abertura, agendada para às 15h do dia 15 de abril, no Auditório do Centro Integrado de Cultura (CIC), contará com a presença do Ministro da Educação, Camilo Santana, do governador Jorginho Mello, entre outras lideranças.

A primeira mesa de debates do encontro será na manhã do dia 16 e tratará das Universidades Comunitárias e do case de sucesso do Programa Universidade Gratuita, instituído pelo Governo do Estado no ano passado. No mesmo dia, à tarde, o tema discutido será “Educação Profissional Tecnológica: Os dilemas futuros da EPT”, ambos na Fiesc.

Já no dia 17, acontece a Formação Continuada de Professores e o debate sobre “Organização Acadêmica da Universidade Brasileira – Trajetória, Diferenças e Convergências”. Na manhã do último dia, será realizada mesa com o tema “Pós-Graduação Stricto Sensu – Trajetória e Desafios”. Na parte da tarde o assunto proposto será “Educação Infantil e Educação Integral”, todos no Auditório do Tribunal de Contas do Estado.

O Conselho Nacional de Educação

O Conselho Nacional de Educação é um órgão de estado composto por conselheiros nomeados por decreto do presidente da República. Suas competências são normativas, deliberativas e de assessoramento ao Ministro da Educação, no desempenho das funções e atribuições do poder público federal em matéria de educação, cabendo-lhe formular e avaliar a política nacional de educação, zelar pela qualidade do ensino, velar pelo cumprimento da legislação educacional e assegurar a participação da sociedade no aprimoramento da educação brasileira.

“Temos sempre como parâmetro aprofundar o direito ao acesso à educação de qualidade e ao aprendizado e uma trajetória que possa de fato corrigir a situação de renda e desigualdade da população desde a alfabetização até a Universidade. Todas as resoluções do CNE têm a perspectiva inclusiva e de interação da Educação com fatores de desenvolvimento econômico, de amplitude de inclusão social, de ampliar o acesso à cultura e informação qualificada. São questões que fortalecem a cidadania”, cita Curi.

As reuniões itinerantes buscam fortalecer o diálogo com as entidades e os profissionais envolvidos com a educação brasileira, além de estreitar a relação do Ministério com estados e municípios, tendo em vista as múltiplas realidades educacionais do nosso país.

Conheça mais sobre o CNE em: http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-de-educacao/apresentacao

Reuniões Itinerantes do CNE (2023/2024)

Região Norte – Belém – PA (junho/2023)

Região Nordeste – Fortaleza – CE (novembro/2023)

Região Sul – Florianópolis – SC (abril/2024)

Região Centro-Oeste – Belo Horizonte – MG (junho/2024) – previsão

Programação da Reunião Ordinária do CNE em Florianópolis:

15/04/2024

15h – Solenidade de Abertura e debate sobre o Plano Nacional de Educação, no Auditório do Centro Integrado de Cultura (CIC);

16/04/2024

10h às 12h – IES Comunitárias, Universidade Gratuita (cases de sucesso), na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc);

14h às 17h – Educação Profissional Tecnológica: Os dilemas futuros da EPT, na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc);

17/04/2024

10h às 12h – Formação Continuada de Professores, no Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina;

15h às 18h – Organização Acadêmica da Universidade Brasileira – Trajetória, Diferenças e Convergências, no Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina;

18/04/2024

10h às 12h – Pós-Graduação Stricto Sensu – Trajetória e Desafios, no Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina;

15h às 18h – Educação Infantil e Educação Integral, no Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina.

Últimas