Setor de serviços de SC tem o 6º melhor desempenho do país, segundo IBGE

O setor de serviços de Santa Catarina atingiu uma alta expressiva de 29,6%, e se manteve acima do nível de fevereiro de 2020 garantindo o sexto melhor desempenho do país

O setor de serviços em Santa Catarina atingiu uma alta expressiva de 29,6%, e se manteve acima do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia). – Foto: Freepik/Divulgação/ND

- PUBLICIDADE -

O setor de serviços de Santa Catarina tem muito a comemorar pois atingiu novo recorde histórico e alcançou a 6ª posição de melhor desempenho do país. O setor atingiu uma alta expressiva de 29,6% e se manteve acima do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia), segundo uma pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Publicidade

O patamar foi alcançado em março deste ano, quando o setor teve crescimento de 5,9% comparado a fevereiro. Os dados foram revelados nesta terça-feira (16), pela PMS (Pesquisa Mensal de Serviços) realizada pelo órgão.

Se comparado ao mesmo período de 2022, o avanço foi de 14%. Segundo a pesquisa, Santa Catarina teve o quarto maior impacto na formação do índice nacional, atrás somente de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Serviços que mais avançaram segundo a pesquisa

As atividades avaliadas e que mais cresceram no Estado neste período são: Outros serviços, transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, serviços de informação e comunicação, serviços profissionais, administrativos e complementares e serviços prestados às famílias.

Em números, acumulam os melhores resultados o setor de outros serviços cresceu 17,5% e serviços prestados às famílias aumentou em 16,2%. Logo atrás o setor de serviços de informação e comunicação tive alta de 12,6%,  à frente da atividade de transportes, e serviços auxiliares aos transportes e correio com aumento de 9,6%.

Setor de serviços cresceu em 24 dos 27 estados do Brasil

O volume de serviços no Brasil cresceu 0,9% em março, se comparado com fevereiro deste ano. O setor avançou em 24 das 27 unidades da Federação, e acumula alta de 5,8% no ano.

Ao todo, três das cinco atividades pesquisadas tiveram alta em março. O destaque foi para o setor de transportes que apontou uma alta de 3,6%, o de serviços profissionais, administrativos e complementares teve elevação de 2,6%, seguido pelo setor de serviços de informação e comunicação com alta de 0,2%.

*Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.