18.1 C
Criciúma
quarta-feira, junho 12, 2024

Remédio popular pode ser a chave para a prevenção do câncer colorretal

Medicamento se une a células específicas, que ajudam a inibir moléculas que propiciam o câncer

O ácido acetilsalicílico é um medicamento comum e de uso variado e, agora, os cientistas podem ter descoberto mais uma utilização para tal: a prevenção do câncer colorretal.

Em um estudo, pesquisadores da LMU (Ludwig Maximilian University), de Munique, na Alemanha, descobriram que o medicamento induz a produção duas moléculas de microRNA supressoras de tumor, chamadas de miR-34a e miR-34b/c.

Eles descobriram, também, que, quando pacientes com doenças cardiovasculares tomavam baixas doses do ácido acetilsalicílico durante vários anos, o risco de câncer colorretal era reduzido. 

Para tal produção, o ácido acetilsalicílico se liga e ativa a enzima AMPK, alterando o fator de transcrição NRF2, responsável por influenciar a expressão genética do miR-34a. Ainda, o medicamento suprime as moléculas c-MYC, genes cancerígenos que inibem o NRF2.

Os resultados mostraram que os genes miR-34 são essenciais para que o remédio possa ter o efeito inibitório nas células do câncer de intestino, não gerando os efeitos benéficos atestados em células sem tais genes. 

*Via Portal R7

Últimas