11.4 C
Criciúma
terça-feira, junho 25, 2024

Sobe para 89 o número de cidades em situação de emergência no Estado

Além disso, 135 municípios registraram ocorrências em virtude das chuvas registradas desde o dia quatro de outubro

A terça-feira, (10), amanheceu com uma melhora no tempo em Santa Catarina. A chuva deu uma trégua, mas permanece o alerta da Defesa Civil para novas pancadas nesta quarta e quinta-feira. Segundo o relatório atualizado na manhã de hoje, até o momento 89 municípios emitiram decretos de situação de emergência.

Ao todo 135 municípios registraram ocorrências em virtude das chuvas registradas desde o dia quatro de outubro. São ocorrências de alagamentos, deslizamentos e granizo que atingiram residências, estradas e centros urbanos em diversas regiões do Estado. As forças de segurança estão nas cidades afetadas em atendimento através das equipes municipais.

“Estamos monitorando o nível dos rios e atuando junto às prefeituras e defesas civis municipais. Conseguimos fazer um trabalho antecipado de alerta para a população e que foi seguido pelos moradores. Nossa missão é assegurar vidas e estamos conseguindo minimizar os impactos nessa união de esforços. Seguimos agora levando comida, colchões, água e produtos de limpeza para as cidades afetadas”, informou o secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina, Luís Armando Reis.

Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Assistência Social e demais estruturas do Governo do Estado, além de contar com o apoio de estruturas federais como a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal, fazem esse trabalho de retirada de famílias de locais com enchentes além de garantir alimentos e mantimentos às famílias afetadas. Permanece em dois o número de óbitos decorrentes das chuvas: (01) em Palmeira, (01) em Rio do Oeste e um ferido em Timbó.

Uma força-tarefa da Celesc, Casan e Infraestrutura está garantindo o restabelecimento dos serviços. Na mobilidade, a secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade está atuando na manutenção das estradas para a volta da fluidez do trânsito o quanto antes nos pontos mais críticos.

*Via Governo do Estado de Santa Catarina

Últimas