13.8 C
Criciúma
sexta-feira, julho 12, 2024

Maracajá tem três rodovias bloqueadas

Uma força-tarefa, com o apoio de servidores da Administração, foi mobilizada para bloquear os pontos alagados, incluindo a Rodovia Municipal Adilton de Medeiros, o Acesso Norte de Maracajá à BR-101 e a Rodovia Estadual Jacob Westrup, que conecta Maracajá a Forquilhinha. O acesso ao município está mantido apenas pela BR-101.

A Administração de Maracajá e a Coordenadoria Municipal da Defesa Civil trabalharam mapeando os pontos de alagamento, monitorando o nível do Rio Mãe Luzia e prestando assistência aos moradores necessitados.

Uma força-tarefa, com o apoio de servidores da Administração, foi mobilizada para bloquear os pontos alagados, incluindo a Rodovia Municipal Adilton de Medeiros, o Acesso Norte de Maracajá à BR-101 e a Rodovia Estadual Jacob Westrup, que conecta Maracajá a Forquilhinha. O acesso ao município está mantido apenas pela BR-101.

Durante a tarde, com o aumento do nível do rio, os moradores solicitaram apoio para moverem seus móveis para locais seguros. O coordenador da Defesa Civil, Cléber Darolt, enfatizou a importância da prevenção e do auxílio em pontos críticos para garantir a preservação dos bens dos munícipes.

No início da noite, o Rio Mãe Luzia estava 9,6m acima do nível normal, mantendo a atenção necessária. A Coordenadoria Municipal da Defesa Civil permanece em plantão, monitorando o rio, que recebe águas Forquilhinha, Nova Veneza, Siderópolis e Criciúma, e pedindo à população que, em caso de emergência, entre em contato rapidamente.

Últimas