18.1 C
Criciúma
quarta-feira, junho 12, 2024

Brasil gerou 220 mil empregos em agosto, segundo ministério do trabalho

As contratações formais superaram as demissões em todos os primeiros oito meses de 2023, mostram dados do Caged

O Brasil abriu 220.844 novas vagas de trabalho com carteira assinada no mês de agosto, segundo dados revelados nesta segunda-feira (2) pelo Caged (Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados).

O oitavo saldo positivo seguido do indicador divulgado pelo Ministério d

Com o novo dado positivo, o mercado de trabalho soma 1.388.062 novos empregos com carteira assinada no acumulado deste ano, com 15.684.701 contratações e 12.549.894 desligamentos.

O estoque, que representa a quantidade total de vínculos celetistas ativos no Brasil, totaliza 43.832.487 cargos CLT ocupados em território nacional. O número significa uma variação de +0,5% em relação ao apurado no mês de abril.

Setores

Ao longo do mês de maio, houve geração de empregos em todos os cinco setores econômicos analisados pelo Caged, com destaque mais uma vez para o ramo de serviços, responsável pela abertura de 114.439 postos formais no período.

O comércio (+41.843 postos), a indústria (+31.086 cargos), a construção (+28.359 contratações) e a agricultura (+5.126 vagas) também tiveram mais contratações do que demissões.

o Trabalho e Emprego corresponde também ao maior volume de contratações desde fevereiro. O resultado decorre de 2,2 milhões de admissões e 1,88 milhões de desligamentos formais realizados no mês.

*Via Portal R7

Últimas