17.4 C
Criciúma
quarta-feira, abril 17, 2024

Homem é preso em flagrante pelo crime de maus-tratos contra cão

A cadela Kiara foi resgatada e está sob os cuidados de fiel depositário, até a finalização dos trâmites para a adoção responsável

Nesta quarta-feira (20), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Proteção Animal do Departamento de Investigação Criminal da Capital (DPA/DIC), em operação conjunta com a Diretoria de Bem-Estar Animal de Palhoça, prendeu em flagrante um homem pelo crime de maus-tratos qualificado contra cão, mantido em confinamento, em um comércio de Palhoça.

Após receber denúncia de que uma cachorra, mestiça com a raça Boxer, ficava ao longo de todo dia presa em um cubículo fechado, nas dependências de um estabelecimento comercial, as equipes efetuaram verificação conjunta no local, confirmando as condições inaceitáveis em que se encontrava o cão.

A cachorra foi localizada em ambiente de cerca de 1m x 1m, completamente fechado, insalubre, sem acesso à água, alimentação e descanso adequado, sequer com luminosidade e aeração. Importante destacar que o recipiente que seria para a hidratação do canídeo estava completamente furado, de forma que não mantinha água em seu interior.

Ao ser retirada do local, a cachorra apresentava bastante ansiedade e estava ofegante, em especial devido às altas temperaturas dos últimos dias. Em entrevistas com os envolvidos, verificou-se que o animal apenas saía daquele espaço no turno da noite, para fazer a guarda do imóvel.

A cadela Kiara foi resgatada e está sob os cuidados de fiel depositário, até a finalização dos trâmites para a adoção responsável.

Foto: Divulgação/ PCSC

Formalizado o procedimento criminal na Central de Plantão Policial de Palhoça, o preso permanece à disposição do Poder Judiciário.

Últimas