11.4 C
Criciúma
terça-feira, junho 25, 2024

Morro da Fumaça: Campeão olímpico de vôlei joga hoje na cidade

Rodrigão reforça equipe da cidade no Campeonato Catarinense de Voleibol

Morro da Fumaça

A equipe VOA Vôlei Morro da Fumaça (VMF) entra em quadra mais uma vez pelo Campeonato Catarinense de Voleibol na noite de hoje, dia 16, mas dessa vez com um reforço de peso. O campeão olímpico, ex-jogador da Seleção Brasileira de Vôlei, Rodrigo Santana, o Rodrigão, compõe a equipe fumacense na disputa contra Pinheiro F.C/FME Campos Novos.

Apesar de já estar matematicamente classificada, o reforço do Rodrigão é importante para a VMF somar pontos. “Essa é a nossa estreia no campeonato depois de muitos anos e queremos trazer bons resultados. Atualmente, estamos na 3º posição da classificação, com apenas um set contra a menos que o 4º colocado, que é a equipe da disputa deste sábado. Então, um bom resultado é essencial para manter a posição”, explica o coordenador do Departamento de Esportes de Morro da Fumaça, Carlos Sweder.

Para o auxiliar técnico e atleta da VMF, Ángel Dennis, a presença de Rodrigão no jogo vai além da atuação do ex-jogador da Seleção Brasileira na quadra. “Nossa expectativa com o Rodrigo é que, ele estando presente, consiga dar uma palavra da sua experiência para a equipe e com certeza será uma motivação para todos os jogadores que vão estar em quadra no jogo de sábado”, comenta.

A partida entre as equipes VMF e Pinheiro F.C/FME Campos Novos é a última da etapa classificatória do campeonato. O jogo está marcado para iniciar às 20h, no Ginásio Municipal João De Rochi, no Distrito de Estação Cocal. Os ingressos estão sendo vendidos por R$10, no Departamento de Esportes, anexo ao Ginásio Municipal Jorge Silva, e de acordo com a disponibilidade, também serão vendidos na hora.

Amigos de longa data

A participação de Rodrigão como reforço da VMF surgiu através da amizade com Dennis, que conheceu o jogador na época em que atuava pela Seleção Cubana. “O Rodrigão é um grande amigo. Nós nos conhecemos na seleção, quando fomos rivais em muitas competições. A rivalidade da Seleção Cubana com a Brasileira era muito grande, mas fora da quadra a amizade ganhava. Depois nos encontramos na Itália, jogamos no mesmo clube e ganhamos campeonatos juntos. Desde então, nossa amizade só cresceu”, revela. 

A vinda do campeão olímpico para jogar em Morro da Fumaça foi uma troca de amigos. “Atualmente nosso objetivo é o mesmo, repassar para os mais jovens o que aprendemos com as nossas experiências. Há um mês atrás eu tive a oportunidade de representar a equipe de Praia Grande, de São Paulo, cidade onde ele mora e é secretário de Esportes. Como consequência, ele está vindo para fazer a mesma coisa aqui em Morro da Fumaça”, finaliza.

Últimas