19.2 C
Criciúma
quarta-feira, julho 17, 2024

Bombeiros do Estado levam informações sobre áreas deslizadas para SP

Para esta missão foram selecionados os Capitães Fillipe Pamplona e Rubens Babel Júnior, integrantes da Coordenadoria de Intervenção em Áreas Deslizadas do CBMSC. Ambos são Comandantes de equipes de Forças-Tarefa.

O Comando do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo (CBPMESP) solicitou apoio ao Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) com instrutores de Intervenção em Áreas Deslizadas, para suporte durante o Curso de Busca e Salvamento Urbano.

As instruções aconteceram na última semana na Escola Superior de Bombeiros, em Franco da Rocha, para uma turma composta por 20 bombeiros de São Paulo e dois bombeiros do Paraná. Para esta missão foram selecionados os Capitães Fillipe Pamplona e Rubens Babel Júnior, integrantes da Coordenadoria de Intervenção em Áreas Deslizadas do CBMSC, pela experiência, tanto como instrutores, quanto em ocorrência de deslizamentos. Ambos são Comandantes de equipes de Forças-Tarefa. 

O intercâmbio surgiu da participação de bombeiros militares de São Paulo no Curso de Intervenção em Áreas Deslizadas em junho de 2022, realizado em Santa Catarina. Alguns dos participantes fazem parte da coordenação do Curso de Busca e Salvamento Urbano e, ao organizar a atual edição, decidiram solicitar à Santa Catarina que levasse a expertise e experiência na área, a fim de qualificar ainda melhor o corpo discente. 

Instruções ministradas pelos militares catarinenses:

– noções de mecânica dos solos;
segurança em operações;
– técnicas de desmanche, com ênfase em desmanche hidráulico;
– técnicas de escoramento;
– sondagem de áreas deslizadas;
– autossalvamento.

Desde 2020, o estado de São Paulo enfrentou grandes ocorrências de deslizamento: em 2020, na Baixada Santista, 45 mortos; em 2002, em Franco da Rocha, 18 mortos; em 2023, em São Sebastião, 65 mortos. 

Fonte: CBMSC

Últimas