12.5 C
Criciúma
quinta-feira, abril 18, 2024

Veja quais medidas de segurança foram adotadas em escolas de SC

Nesta segunda-feira (31), mais de 520 mil estudantes retornaram às escolas da rede estadual de ensino, o que gera preocupação tanto para os familiares quanto para os órgãos de segurança pública

Com a volta às aulas em 1.053 escolas da rede estadual de ensino de Santa Catarina, uma preocupação que ainda faz parte do cotidiano dos pais e das autoridades é a segurança nas escolas. Nesta segunda-feira (31), mais de 520 mil estudantes retornaram às escolas para o segundo semestre letivo de 2023.

Após episódios chocantes, que comoveram o Brasil e ocorreram dentro dos muros das escolas, a pergunta que vem à tona é: quais medidas estão sendo adotadas para manter a segurança dos alunos no ambiente escolar?

As forças de segurança estão atuando em parceria com a Secretaria de Estado da Educação.

Conforme a SSP-SC (Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina), as ações do programa Escola Segura permanecem ativas em todas as escolas do Estado. As medidas incluem treinamento dos profissionais da Educação, segurança no local feita por policiais da reserva remunerada e ronda escolar.

O órgão afirma ainda que alternativas para a ampliação destas medidas e dos programas estabelecidos pelo governo do Estado estão sendo analisadas pelos gestores das pastas.

As escolas que ainda não contam com policiais da reserva fazendo a segurança no local recebem outras ações como a ronda escolar, o treinamento FEL (Fugir, Esconder, Lutar) e as ações do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência).

Aulas mais seguras com programa de segurança da Polícia Militar

A PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) realizou um treinamento com cerca de 200 profissionais de educação do Estado para fixar bem as diretrizes do treinamento FEL (Fugir, Esconder, Lutar). Esse protocolo foi criado para prevenir as práticas de terrorismo doméstico e está sendo repassado para os servidores das instituições de ensino.

Após determinação do governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), as escolas da rede de ensino do Estado contarão com policiais da reserva remunerada que irão atuar nas seguranças das escolas e dos profissionais dedicados à educação.

Conforme o governo do Estado, a integração destes policiais ao efetivo está sendo feita de forma gradativa de acordo com a finalização do seu processo de contratação e de treinamento.

*Via ND+

Últimas