AEC acerta com goleiro Júlio Cesar

Após a saída de Fabiano Borges, diretoria do Araranguá Esporte Clube age rápido e contrata novo camisa 1 para a disputa do Regional da Larm

0
256

Araranguá

Após a saída do goleiro Fabiano Borges, a diretoria do Araranguá Esporte Clube, juntamente com a comissão técnica, correu e já acertou com o goleiro que irá defender as cores do Mais Querido do Sul. Trata-se do experiente Júlio Cesar Cardoso, que tem uma extensa bagagem, e que levará muita segurança para o setor defensivo. Em 2020, como goleiro do Hercílio Luz, ajudou o time de Tubarão a subir para a primeira divisão do catarinense.

Júlio Cesar foi campeão da Segunda Divisão do Paranaense, pelo Foz do Iguaçu, em 2022, ajudando o time a subir para a elite do futebol do Paraná. Além do Foz, o goleiro já passou por diversos times, como Guarani de Palhoça, Hercílio Luz e Operário-MT.“Buscamos no mercado, um goleiro que viesse nos dar segurança no setor defensivo. Buscamos também experiência e vimos no Julio um jogador com esse potencial. Por isso, toda confiança está depositada nele e, com certeza, irá nos ajudar e muito”, finalizou o presidente do AEC, Marcelo Mandelli.

Desafio de másters contra o Avaí

A equipe máster do Araranguá Esporte Clube segue realizando amistosos, relembrando histórias do passado do clube, e proporcionando reencontros entre antigos companheiros de clube.

No sábado, dia 29, o desafio será contra os veteranos do Avaí, em Florianópolis. O confronto amistoso está marcado para as 16 horas. “Para mim, será uma honra vestir a camisa do AEC, time que me revelou para o esporte. Jogar lá contra ex- colegas de time, onde fiz muitas amizades e fui campeão, com o Avaí, será um prazer enorme. Quero reviver esse momento, pois vesti as duas camisas”, disse o ex-jogador Marcelo Honório, o Téio.

Após a partida amistosa, haverá um jantar de confraternização, oferecido pela equipe do Avaí.“O que vale mesmo é a confraternização, fazer novas amizades, rever amigos, e os ex-atletas reviverem antigas histórias, de quando ainda eram profissionais”,  finaliza o presidente do time máster do AEC, Cleder Maciel.