Avaí ingressa com pedido de recuperação judicial

Informação foi divulgada pelo clube na tarde desta segunda-feira (17); decisão acontece após análise interna sobre a situação financeira do clube

0
266

O Avaí protocolou na tarde desta segunda-feira (17) o pedido de recuperação judicial junto ao TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina). A decisão acontece após análise da situação financeira do clube. As dívidas ultrapassam os R$ 107 milhões.

 > Clique e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

De acordo com Júlio Heerdt, presidente do clube, a negociação dos débitos vai permitir que os gestores organizem os pagamentos e trabalhem sem sobressaltos na recuperação da saúde financeira do Leão da Ilha.

“Acompanhamos de perto a execução orçamentária, buscando o equilíbrio de receitas e despesas do dia a dia, não assumimos novas dívidas e estamos com os salários em dia. Apesar disso, os juros fazem o endividamento seguir crescendo. A medida adotada traz segurança para os atletas, funcionários e fornecedores do clube”, afirmou o mandatário.

A situação é agravada pelo custo de juros e encargos das dívidas acumuladas e por pedidos frequentes de penhora de receitas do clube apresentados por credores.

Advogado especializado no tema, Marcos Andrey de Sousa diz que a recuperação judicial permite a credores e devedor negociarem a melhor solução para as dívidas acumuladas. Depois que o judiciário aceitar o pedido do clube, será necessário ter um plano de pagamentos aprovado pelos credores. “Eles terão a segurança jurídica de recebimento dessas dívidas”.