Rincão: projeto obriga cursos de primeiros socorros nas escolas

Proposta do vereador Luiz Carlos de Bittencourt, o Carlão da CP, foi aprovado em primeira votação

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

José Adílio
Balneário Rincão

O PLL 08/2022 do vereador Luiz Carlos de Bittencourt, o Carlão da CP, que dispõe sobre a obrigatoriedade da realização de cursos de primeiros socorros e prevenção de acidentes aos funcionários das escolas e centros de educação infantil do município, foi aprovado em primeira votação na sessão da Câmara de Vereadores de Balneário Rincão. Na próxima semana será feita a segunda votação e caso seja aprovado será encaminhado para ser
sancionado pelo prefeito Jairo Celoy Custódio.

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

O vereador explica que esta é uma lei nacional, mas que precisa ser criada nos municípios. De acordo com o projeto, todas as unidades escolares do município, tanto municipal, quanto estadual, precisam contar com um dos profissionais capacitados em primeiros socorros. Caso o funcionário capacitado não passe mais a fazer parte do quadro da escola, será necessário que outra pessoa faça o curso.

Para o vereador é fundamental que as escolas tenham este funcionário capacitado, pois
caso, algum aluno, ou alguém que estiver no estabelecimento passar mal, ele será atendido com os primeiros socorros. “Sempre importante ter alguém capacitado para fazer os primeiros socorros até chegar ajuda do Corpo de Bombeiros ou do Samu, este atendimento pode fazer a diferença e salvar a vida de uma pessoa”, destaca o vereador

Leia a matéria completa na edição desta quinta-feira, 11 do jornal impresso Tribuna de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.