Ex-Vereador é novamente indiciado por Peculato

O ex membro da câmara legislativa municipal, interditou a entrega de areão para um eleitor no dia 19 de fevereiro de 2019

Foto: Divulgação/ TJSC

- PUBLICIDADE -

Através de uma investigação conduzida pela Polícia Civil, requisitada pelo Ministério Público Estadual, nesta quarta-feira, 6, um ex-vereador e também ex secretário da agricultura foi indiciado por Peculato. O ex-vereador de 57 anos, já foi indiciado em outros quatro inquéritos por peculato culposo, fraude processual, posse irregular de arma de fogo, peculato desvio, advocacia administrativa, extravio de documento público, coação no curso o processo e crime ambiental.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

O ex membro da câmara legislativa municipal, interditou a entrega de areão para um eleitor no dia 19 de fevereiro de 2019. “Se alguém sabe disso que estou fazendo pra você, eu vou para a rua, só para você ver como é” declarou o acusado ao recebedor da carga.

O Beneficiário de 34 anos, também foi indiciado, por falso testemunho, quando negou que tivesse recebido a carga.

A pena para o peculato é de 2 a 12 anos de reclusão e multa; já a pena de falso testemunho é de 2 anos e 4 meses a 5 anos e 4 meses e multa.

Os autos estão sendo encaminhados ao Poder Judiciário e Ministério Público.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.