Eleição para presidente vira aposta de quase R$ 100 mil na Serra de SC

Aposta foi assinada e registrada em cartório pelas partes; prêmio ficará em posse de uma terceira pessoa até o dia 3 de outubro

Foto: Reprodução YouTube/Partido Liberal

- PUBLICIDADE -

A quatro dias das eleições 2022, uma ação um tanto inusitada chamou a atenção na Serra catarinense. Dois homens decidiram fazer uma aposta envolvendo o resultado da disputa para o cargo de presidente da República.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Um “termo de aposta” que circula nas redes sociais detalha o acordo que foi, inclusive, assinado e registrado em cartório pelas partes.

Foto: Reprodução/ND

Um dos apostadores acredita que Jair Bolsonaro (PL) sairá vitorioso no primeiro turno. O palpite do outro é de que o candidato do PL não se elegerá na primeira etapa de votação.

Caso o pitaco desse segundo apostador não se concretize e Bolsonaro seja eleito em primeiro turno, ele terá que dar uma caminhonete modelo Volkswagen/Amarok, ano 2014, para o oponente. O veículo está avaliado em R$ 96 mil.

No entanto, caso o candidato do PL não seja eleito em primeiro turno, o apostador ganhará R$ 96 mil em espécie.

Uma das assinaturas foi reconhecida em um cartório de Otacílio Costa, enquanto a outra foi autenticada em uma Escrivania de Paz localizada no município de Palmeira. Ambas datam da última sexta-feira, 23.

O termo diz ainda que o prêmio ficará em posse de uma terceira pessoa até a próxima segunda-feira, 3, data em que será entregue ao ganhador.

*Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.