Secretaria de Assistência Social de Criciúma lança concurso público

Vagas são destinadas para pedagogo, educador social e advogado

Foto: Daiana Farias

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, divulgou o Edital de Concurso Público nº 02/2022 para os cargos de pedagogo, educador social e advogado (Creas), nessa última terça-feira, 4. O documento está disponível no Diário Oficial Eletrônico (DOE) da Administração Municipal (criciuma.sc.gov.br/site).

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

As inscrições serão abertas a partir do dia 11 de outubro e seguem até o dia 11 de novembro e podem ser realizadas por meio do endereço eletrônico https://concursos.fundacaounisul.com.br/ .  A taxa para cargo nível superior será de R$ 150 e para cargo de nível médio será de R$ 100. O concurso será executado pela Fundação Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL).

Sobre as vagas

Advogado

CREAS: exige ter diploma do Curso Superior em Direito; Carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); demais requisitos previstos pelo concurso ou legislação municipal.

Total de vagas: 1 (mais cadastro reserva).

Educador Social

Exige Ensino Médio Completo; qualificação para o exercício da função de Educador Social; Outros: Conforme instruções reguladoras do edital de concurso público e/ou Legislação Municipal.

Total de vagas: 5 (mais cadastro reserva).

Pedagogo

Exige ter Diploma de Nível Superior em Pedagogia e registro no órgão competente; Especialização, qualificação com habilitação para o exercício da função de Pedagogo; Outros: Conforme instruções reguladoras do edital de concurso público e/ou Legislação Municipal.

Total de vagas: 1 (mais cadastro reserva).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.