Içara: Serviço de castração móvel atendeu 33 cães e gatos

O primeiro bairro a receber o BusCão foi a Esplanada


- PUBLICIDADE -

Içara

A primeira ação do BusCão, serviço de castração móvel do Governo de Içara, castrou 33 cães e gatos no bairro Esplanada. Pelo grande número de animais na localidade, o BusCão vai retornar na próxima sexta-feira, dia 8. Já daqui 15 dias a comunidade de Esperança também recebe a ação. “Foi uma manhã de muito trabalho, conseguimos atender um número expressivo de animais. Em 2021 batemos recordes em castrações e não temos dúvida que em 2022 vai ser igual. Com a instalação do Centro de Bem Estar Animal vamos poder ampliar os serviços oferecidos para o atendimento dos animais como consultas e pequenas cirurgias, além das castrações”, reforçou o superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Içara (Fundai) Ibanez Aníbal Zanette.

- PUBLICIDADE -

Vale lembrar que as castrações sempre iniciam a partir das 7h30min. Os tutores dos animais precisam fazer agendamento prévio na Fundai, pessoalmente ou por telefone no número 48 3431-3578. Precisam ainda estarem a disposição no dia para levarem os animais onde o veículo fica estacionado.

As condições para fazer parte da castração social são: animais de população de baixa renda, animais sem raça definida e animais de agricultores.  Os animais de rua também podem ser castrados desde que algum responsável possa cuidar dele no pós-operatório nos próximos sete dias.

Além dessas condições o morador precisa residir em Içara. No dia da castração o animal precisa estar em jejum de 8h de água e de comida. Deve também estar em bom estado de saúde. “Cuidar da saúde animal também é dever do poder público. Estamos engajados, unidos e tirando do papel esse sonho de todos, principalmente da nossa segunda-dama, Janayna Daros, que é uma grande protetora dos animais”, disse a prefeita Dalvania Cardoso.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.