Djokovic está fora do Australia Open. Justiça mantém visto cancelado

Governo australiano argumenta que tenista é visto como alguém que endossa uma posição antivacina e que sua presença no país pode influenciar pessoas por se tratar de uma celebridade

Foto: Diego Fedele/Getty Images

- PUBLICIDADE -
 Novak Djokovic está definitivamente banido do Aberto da Austrália. Em julgamento final, o júri decidiu que o tenista australiano ficará com seu visto cancelado e, portanto, impossibilitado de disputar a competição de tênis e buscar o recorde de 21 títulos no Grand Slam. O atual campeão do torneio será deportado e ainda terá que arcar com os custos do julgamento, que durou quase nove horas.
O Australian Open havia agendado a estreia de Djokovic no Grand Slam para a segunda-feira, contra o também sérvio Miomir Kecmanovic. O horário do jogo, entretanto, constava como indefinido. A partida só seria confirmada caso o número 1 do mundo tivesse seu visto aprovado novamente.
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.