Colaboradores da Coopercocal recebem jaquetas antichamas

Entretanto, é importante lembrar que apenas a utilização do uniforme antichama não garante a proteção total do eletricista

Fotos: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Para aumentar a segurança e melhorar ainda mais as condições de trabalho devido a necessidade para o exercício da função, os eletricistas da Coopercocal receberam na última sexta-feira, 12, novas jaquetas antichamas que complementará o uniforme já utilizado.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

De acordo com o técnico de segurança Manoel Sebastião Goulart o uniforme antichama se enquadra entre os principais EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual) para a proteção dos colaboradores e é composto por um tecido específico que recebe tratamento especial a chama juntamente com fios de poliamida na trama do tecido, protegendo o corpo do trabalhador em caso de curto-circuito, emissão de faísca e até incêndio.

Entretanto, é importante lembrar que apenas a utilização do uniforme antichama não garante a proteção total do eletricista. Para que esteja totalmente seguro durante a execução do trabalho, o eletricista deve obrigatoriamente utilizar todos os EPIs além dos EPC´s (Equipamentos de Proteção Coletiva). “Todos os eletricistas da Coopercocal são equipados com seus EPIs e treinados para fazer a inspeção dos mesmos: luva, capacete, óculos, uniforme antichama e sapatão.  Além de atender as normas de segurança, isso é necessário e indispensável para a proteção deles, especialmente de linha viva – que operam em redes energizadas de tensão de 13.800 volts”, pontuou Manoel.

O presidente Altair Lorival de Mélo (Belha) afirma que zelar pela segurança e integridade física dos colaboradores é uma das principais prioridades da Coopercocal. “Já faz bastante tempo que nossos eletricistas utilizam o uniforme antichama que é composto por calça e camisa e agora também terão a jaqueta, uma proteção a mais para ser utilizada nos dias mais frios”, destacou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.