Cocal do Sul: Samae prevê investimento de R$ 5 milhões até 2024

Município foi o primeiro a instalar a máquina de osmose reversa no Brasil; mais de R$ 1,5 milhões já foram investidos pela nova gestão

Foto: Amanda Farias

- PUBLICIDADE -

Letícia Ortolan/Especial Tribuna de Notícias
Cocal do Sul

 

- PUBLICIDADE -

Em menos de um ano, a nova gestão do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Cocal do Sul já trás resultados positivos. Segundo Alisson da Silva, diretor da autarquia, o desperdiço de água reduziu de 45% para 22% e a falta dela deixou de ser um problema. Mais de R$ 1,5 milhão foi investido desde junho e o objetivo é atingir cerca de R$ 5 milhões até o final do mandato, em 2024.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Os projetos já implantados no município iniciaram por meio de um levantamento das comunidades que mais sentiam a falta de água com decorrência. O Loteamento Jatobá, no bairro Vila Nova, foi um dos primeiros a receber um novo sistema de distribuição. Há dois anos, Cocal do Sul passou por uma crise hídrica, deixando diversas casas desabastecidas por mais de 10 dias.

“Quando assumimos a gestão, conferimos os pontos mais críticos da cidade. Esse da Vila Nova é um ponto mais alto e havia vários problemas de distribuição, principalmente no momento de pico. Era uma obra esperada há nove anos e graças ao desempenho da nossa equipe, executamos com rapidez”, explicou da Silva.

Um novo reservatório de 100 mil litros de água também foi implantado para as comunidades Rio Caeté e Linha Urussanga, contemplando cerca de 120 famílias. Anteriormente, o carro-pipa precisava ir até o local mais de duas vezes por dia, atualmente, apenas uma, gerando menor custo para aSamae.

A máquina de osmose reversa é parte dos destaques. O investimento que girou em torno de R$ 830 mil tem como principal função filtrar a água removendo o flúor. O processo faz com que a água seja suprida em torno de 30% da capacidade e melhora a qualidade do fluido para consumo. Trata-se de um projeto de gestões anteriores, que foi reelaborado resultando em uma economia de até R$ 300 mil.

Instalada em setembro de 2021, foi a primeira máquina de osmose a ser instalada no Brasil. “O projeto previa a instalação do equipamento em outro local, nós resolvemos colocar no escritório central que já havia uma rede de água instalada. Contratamos um engenheiro e instalamos dentro de um container”, salientou o diretor da Samae.

Tarifa

A tarifa de água aumentará 21% a partir de maio, em Cocal do Sul. (porque chegou-se a este índice? Parece salgado para quem vai ler a matéria)De R$ 31,14, irá para R$ 37,79. No entanto, o município continua enquadrado entre os que ainda possuem taxa abaixo de R$ 40,00, na região Sul de Santa Catarina.

Cocal do Sul ficou sem reajuste de 2016 a 2019, estacionado em R$ 29,50. Em 2020, subiu para o valor atual. “Em anos o aumento foi de 6%, mas o preço da energia e dos produtos químicos, por exemplo, aumentaram significativamente. A Cisam-REG, que é o órgão regulamentador da Samae, fez um alerta, até porque o dissídio salarial dos funcionários também irá aumentar. Se não aplicarmos, fecharemos o ano com o déficit de mais de R$ 500 mil”, observa.

Projeto futuro

O diretor daSamae, o prefeito de Cocal do Sul, Fernando de Fáveri, e o vice-prefeito, Erick Pereira, apresentaram um projeto de fotovoltaica (energia solar) ao Ministério de Minas e Energia, em Brasília. O objetivo é conseguir alternativas de melhores condições, para aplicar o sistema na Samae de Cocal do Sul.

Estima-se que o projeto ficará em torno de R$ 3,5 milhões, no entanto, conforme Alisson da Silva, o valor se paga dentro de, no máximo, cinco anos. “É um produto audacioso, ainda mais em época de eleição, sabemos que é difícil ganhar verba. Porém sabemos dos benefícios que pode trazer para aSamae”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.