Criciúma: Ezequiel aposta em ano vitorioso

Jogador tem 90 partidas com a camisa do Criciúma com quatro gols marcados


- PUBLICIDADE -

Criciúma

Revelado pelo Criciúma Esporte Clube, o lateral-direito Ezequiel De Biasi almeja uma temporada vitoriosa. O atleta, bicampeão da Copa do Brasil com o Cruzeiro (2017 e 2018), segue com o futuro indefinido para 2022.

- PUBLICIDADE -

Depois de defender a Chapecoense nas duas últimas temporadas, onde conquistou um título catarinense e outro da Série B do Campeonato Brasileiro, o lateral ressalta o desejo de levantar taças de campeão neste ano. “Minhas principais metas são participar de um time competitivo que brigue por títulos, voltar a vencer e ser campeão. Não tem nada mais importante no futebol que isso”, diz.

Com passagens por outros grandes clubes do futebol brasileiro, como Cruzeiro, Fluminense e Bahia, Ezequiel acredita ter adquirido ainda mais experiência para dar sequência a uma carreira vitoriosa. “É uma bagagem muito boa, disputar grandes campeonatos, jogar com grandes jogadores e técnicos, isso tudo deixa você cada vez mais preparado principalmente para as decisões dentro de campo. A principal mudança é a experiência que você adquire com os anos, com as vitórias e derrotas, e assim me sinto um jogador melhor preparado hoje”, pontua.

Aproveitando o período de férias no Sul de Santa Catarina e ainda sem futuro definido, o jogador aproveita também para rever os amigos e familiares e diz estar feliz por receber o carinho de torcedores do clube em que foi revelado quando está pela região. “O sentimento é de eterna gratidão. Se sou um atleta profissional hoje, devo ao Criciúma. Eu e minha família temos um vínculo muito grande com o Tigre, moro na região então sempre tem esse contato e é sempre muito legal”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.