- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Fotos: Nilton Alves/TN

Após a entrega da taça, para o zagueiro Rodrigo, a festa iniciou no gramado do Majestoso. Todos os jogadores começaram a festa, junto à estrutura montada pela Federação Catarinense de Futebol (FCF). “Sentimento de felicidade enorme. Sabíamos da dificuldade do calendário, mas veio o acesso e o título. Estou me sentindo bem e feliz por fazer parte do projeto do Criciúma”, diz o centroavante Lohan.

Na sequência, os jogadores se concentraram atrás do gol localizado no setor do ginásio Colombo Machado Salles e comemoraram com grande parte da torcida carvoeira. Um dos jogadores que teve o nome gritado foi o volante Arilson. “Gratidão. O que eu estou vivendo hoje, no Criciúma, só tenho a agradecer a Deus. A força que eles me dão, só posso trabalhar para poder retribuir”, comenta o volante Arilson.

Os jogadores celebraram a conquista do título. “Qualquer título é muito importante. Marcamos o nosso nome recolocando o Criciúma no lugar de onde ele nunca deveria ter saído. Essa torcida é diferente e temos que levar eles a sério. Sempre tiveram nos apoiando e fazem parte do acesso”, comenta o volante Marcos Serrato.

Fellipe Mateus agradeceu à torcida carvoeira. “Muito gratificante ser campeão com essa camisa. Sabemos do tamanho da camisa e da tradição. Fomos campeões e coroados. Quero agradecer à torcida que compareceu. Muito obrigado a todos”, pontua.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.