Cocal do Sul:alunos da rede municipal aprendem sobre importância da água

Os alunos receberam a visita da equipe da Secretaria de Educação e Samae, além de novo mascote

Foto: divulgação

- PUBLICIDADE -

O Dia Mundial da Água é celebrado nesta terça-feira, 22, e com a data, vem o alerta quanto à conscientização sobre o uso deste recurso hídrico. Pensando nisso, o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, promoveram ao longo da tarde de hoje uma programação especial voltada às crianças, com visitas nas escolas, sensibilizando os alunos sobre a importância da causa.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Nas salas de aula, as escolas trabalharam com as crianças acerca do tema, desenvolvendo atividades relacionadas à água, desde os pequenos da educação infantil até o ensino fundamental. As atividades lúdicas foram desenvolvidas com o objetivo de mobilizar a comunidade, através das crianças, mostrando a importância de se preservar os recursos hídricos.

Durante a visita, o mascote do Samae também esteve junto, para reforçar ainda mais a importância de preservar a água, pensando no futuro. As crianças terão a missão de escolher um nome para o novo mascote, que ocorrerá através de concurso nas escolas.

“Nossos alunos necessitam aprender a valorizar este recurso e principalmente a importância da sua economia; nesta semana da água, além das atividades temáticas, tivemos a visita do mascote do Samae nas escolas de toda a rede municipal e o lançamento da seleção da escolha do nome do mesmo, levando entretenimento e informação acerca do uso consciente da água”, salienta o secretário municipal de Educação, Luís Carlos de Melo.

Água em Cocal do Sul

Água, um bem tão precioso, já foi um problema muito sério em Cocal do Sul há alguns anos. Atualmente, o município conta com três barragens – Rio Cocal, Rio Tigre e uma barragem localizada na Linha Ferreira Pontes. Esses rios são levados por adutoras até a ETA (Estação de Tratamento de Água) localizada no bairro Jardim Itália.

Além disso, existem também dois poços artesianos, sendo que um deles entrou em funcionamento em setembro do ano passado, para uso exclusivo para o sistema de tratamento de Osmose Reversa.

“Trabalhamos arduamente para mantermos a qualidade de água e também o abastecimento com qualidade, mas sofremos há dois anos uma forte crise hídrica que ligou o sinal de alerta; focamos nas perdas que chegaram a 45% da água que era produzida, chegamos a reduzir pela metade esses números, hoje estamos bem abaixo da média nacional, que gira em torno de 39%”, declara o diretor do Samae, Alisson Silva.

Atualmente, o Samae distribui água para 6.400 consumidores entre residências, comércio, indústria e setores públicos. “Nosso consumo diário gira em torno de 4,5 milhões de litros por dia”, pontua Alisson.

O diretor do Samae lembra que a data é alusiva à causa, mas que deve ser lembrada todos os dias, fazendo o uso consciente da água, visto que existem vários meios de se economizar. Atitudes simples como fechar a torneira ao escovar os dentes e lavar a louça, reutilizar a água da máquina de lavar, além da captação de água da chuva e reaproveitar para lavar calçadas e molhar plantas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.