10.1 C
Criciúma
terça-feira, junho 25, 2024

Celebração de Corpus Christi retorna na Diocese de Criciúma

Letícia Ortolan
Criciúma

Comemorado sempre às quintas-feiras, o feriado de Corpus Christi celebra o mistério da Eucaristia, o Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo. Neste ano, no dia 16, a Diocese de Criciúma se prepara para missa principal que será na Praça do Congresso, além da montagem dos tapetes, considerado o maior símbolo tradicional da data.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Corpus Christi é celebrado por católicos do mundo inteiro. No calendário, a data é em alusão à Quinta-feira Santa, última Ceia do Senhor. Os religiosos saem às ruas em procissão, para agradecer a Jesus pelo dom da Eucaristia. Após dois anos com restrições em função da pandemia do coronavírus, a expectativa é de reunir centenas de cristãos.

“É um dia em que publicamente, nos profetizamos nossa fé no grande sacramento da Eucarstima. Para nós, cristãos católicos, o Cristo fez esse pão para nos alimentar, nós cremos que nesse ato está a presença de Jesus, de corpo, alma e sangue”, disse Padre Antônio Júnior, da Diocese de Criciúma.

Segundo bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach, esse é o único dia do ano em que as pessoas vão às ruas reverenciar o Corpo de Cristo, nesse sentido, todos são convidados a abrirem o seu coração para deixar Jesus entrar por onde passa. “Participar deste momento com o coração aberto é experimentar o amor infinito que Jesus tem por seus filhos”.

Celebrações, procissões e doação aos necessitados

Em Criciúma, a missa inicia às 15h, na Praça do Congresso, com procissão que terá como trajeto a Rua Barão do Rio Branco, passando pela Rua Lauro Muller e seguindo pela Avenida Getúlio Vargas até a Catedral São José. No Santuário Diocesano do Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, em Içara, a missa acontece às 10h e às 15 horas. Em Nova Veneza, no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, a missa será às 8h, com procissão até o seminário. Durante a semana, todas as secretarias paroquiais estarão recebendo cobertores para serem doados.

Tradição dos tapetes

O tapete serve como um adorno devocional para que a Eucaristia vá ao encontro dos fiéis nas ruas da cidade. Este é um dos momentos excepcionais em que o Corpo de Cristo sai das igrejas. Os tapetes são uma manifestação da criatividade e dinamicidade das paróquias e comunidades. Geralmente os desenhos e frases estampados nas ruas são feitos com materiais como serragem e casca de arroz coloridos. Contudo, alguns grupos gostam de inovar e propor iniciativas diferentes, utilizando outros materiais como tecidos, materiais reciclados e flores.

Doação de agasalhos

Após a celebração de Corpus Christi, a Diocese de Criciúma dará inicio a Campanha do Agasalho. O objetivo é coletar o maior número de mantas, cobertores e roupas quentes para doar as famílias carentes.

“Todos os irmãos que puderem, podem levar suas doações na missa do feriado ou até a catedral, deixando embaixo da nossa imagem de São José. Também é possível levar para a secretaria da nossa paróquia”, explicou o padre.

Últimas