15.2 C
Criciúma
segunda-feira, maio 27, 2024

Tainhas pescadas irregularmente são apreendidas em Araranguá

Por Letícia Ortolan

A Polícia Ambiental apreendeu cerca de sete toneladas de tainha durante uma fiscalização contra a pesca ilegal no Morro dos Conventos, em Araranguá, durante essa quinta-feira. A ação que iniciou às 10h e foi finalizada por volta das 18h30 contou com o apoio do Serviço Aeropolicial (Saer) da Polícia Civil de Santa Catarina. Cerca de 150 pescadores estiveram no local.

Segundo a Polícia Ambiental, uma embarcação estava realizando atividades de pesca sem a licença ambiental que autoriza a pesca do cerco de praia. Além disso, o barco foi encontrando fora dos limites da pescaria. Do mar até a distância de mil metros do canal da barra é proibido pescar.

Explicação

A rede de pesca possuía cerca de um quilômetro de extensão e foi apreendida administrativamente, junto com o barco e mais um caminhão. “Na embarcação tinha um pescador e mais duas pessoas, não uma equipe com vários pescadores. Eles foram de caminhão e deixaram estacionados na beira da praia. A ideia era pescar e botar toda a tainha para dentro do veículo”, explicou o Sargento Sander, da Polícia Ambiental.

O pescador foi autuado por infração ambiental. O valor da multa varia conforme o quilo do pescado. A tainha será doada para a Casa Lar Irmã Carmen, de Araranguá, que ficará responsável por fazer a distribuição para outras instituições. “Foi um grande número de peixe pescado. Nessa época, se dá alguns lances por ser safra da tainha, mas não se trata de uma quantidade habitual”, informou o Cabo Teixeira.

 

Últimas