13.8 C
Criciúma
sexta-feira, julho 12, 2024

Próspera joga mal e perde para o Juventus

Tiago Monte

Joinville

Fotos: Lucas Gabriel Cardoso / @ocancheiro

A boa fase do Próspera foi freada, na tarde desta quinta-feira. O Time da Raça não fez uma boa apresentação e foi derrotado pelo Juventus, em Joinville, por 2 a 1. O Moleque Travesso saiu na frente, aos 20 minutos do segundo tempo, com Maikon Leite. Aos 38 minutos, Marcelinho fez grande jogada e chegou a empatar, mas, aos 47 minutos, Jonatas Belusso pegou a sobra e deu números finais ao jogo. O time criciumense pouco ameaçou o goleiro Hudson Júnior e foi pressionado pelo time adversário. Uma derrota que acabou sendo justa. Agora, o Time da Raça não tem muito tempo para descansar. No domingo, às 16 horas, o adversário será o lanterna Barra, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O Juventus começou ameaçando a meta do Time da Raça. Aos dois minutos, Maikon Leite foi lançado e tentou a finalização, mas bateu fraco. Na sequência, Gabriel Henrique arrancou pela esquerda e sofreu falta pela esquerda, quase no bico da grande área. Na cobrança ensaiada, Gabriel Henrique foi travado pela marcação. Bom lance do Próspera. Aos seis minutos, Gabriel Henrique entrou a dribles, pelo meio, e foi derrubado por Daniel. Falta na meia lua. Na cobrança de Pedrinho, a bola subiu muito e saiu. A partida seguiu equilibrada, com leve domínio do Próspera, até os 10 minutos da primeira etapa.  Aos 11 minutos, Jeffinho passou por três adversários, na intermediária, e bateu, mas a bola saiu fraca, pela linha de fundo. Jogada de habilidade do meia do time de Jaraguá do Sul. Dois minutos depois, Jonatas Belusso recebeu pela esquerda, dentro da área, e bateu pela linha de fundo, alto. Aos 14 minutos, novamente Gabriel Henrique, pela esquerda, foi derrubado. Falta pela esquerda, na intermediária. Bessa cobrou e a bola passou perto da trave e saiu.

O Juventus tinha mais posse de bola e buscava mais o ataque, enquanto o Próspera se defendia e saía nos contra-ataques.  Aos 18 minutos, Ramon fez boa jogada pela esquerda e a bola desviou na zaga e saiu. Na cobrança de escanteio, em nova jogada ensaiada, Gullithi cabeceou pela linha de fundo. Aos 25 minutos, o árbitro fez uma pausa para hidratação, em função do forte calor.

Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, Beto tentou a finalização, mas foi travado pela zaga, dentro da área. No minuto seguinte, Ramon recebeu lançamento pela direita, driblou o zagueiro e bateu firme, mas Hudson Júnior pegou. Aos 36 minutos, Maikon Leite bateu falta na direita e ninguém finalizou no meio da área. A zaga colocou para escanteio. Após cobrança, o mesmo camisa 10 do Juventus bateu de fora da área e Igor Campos pegou. Aos 39 minutos, Japa ficou com a bola, livre, na entrada da grande área, mas bateu para fora. A bola saiu forte e rasteiro. Muito perto do gol. Aos 42 minutos, um lance inusitado: Gabriel Henrique driblou Maninho, pela esquerda, e o jogador do Juventus acabou se lesionando, após o drible. A jogada seguiu com Pedrinho finalizando, a bola desviou na zaga, beliscou a trave e saiu para escanteio. Linda jogada do camisa 11 do Próspera. Nos acréscimos, após cobrança de falta para o Juventus, pela esquerda, o goleiro Igor saiu mal do gol e quase Jonatas Belusso completou para o gol. Lance de perigo. No final do primeiro tempo, um 0 a 0 em jogo equilibrado.

Time da Raça volta mal para a segunda etapa

O Moleque Travesso voltou com tudo para cima do Próspera. Aos dois minutos, após cobrança de falta pela esquerda, Jonatas Belusso cabeceou pela linha de fundo. O time de Jaraguá do Sul tomava conta da partida. Aos quatro minutos, Tcharles fez boa jogada e tocou para Jonatas Belusso, que perdeu o gol na frente de Igor Campos. O Time da Raça era pressionado no princípio da etapa final. O Próspera não conseguia dar sequência nas jogadas e era acuado pelo time de Jaraguá do Sul.

O Juventus era bastante superior ao Próspera, no segundo tempo, e estava mais perto de abrir o marcador. O Time da Raça não conseguia ameaçar o goleiro Hudson Júnior e passava trabalho com o adversário. Aos 20 minutos, Maikon Leite fez jogada da esquerda para o meio e bate forte para vencer o goleiro Igor Campos: 1 a 0 para o Juventus. Aos 24 minutos, o mesmo Maikon Leite fez jogada pela direita e cruzou para Jonatas Belusso, que perdeu um gol incrível! Na marca do pênalti, ele finalizou no travessão. Dois minutos depois, Claudino recebe a bola na área e bateu fraco. O Próspera estava perdido em campo, sendo pressionado e correndo risco de levar o segundo gol.

A recuperação do Time da Raça veio aos 28 minutos, Eduardo tocou para Ramon, na entrada da grande área, mas ele bateu torto e a bola saiu fraca pela linha de fundo. No minuto seguinte, nova ameaça do Juventus: Jonatas Belusso finalizou duas vezes em cima do goleiro Igor e perdeu a chance. O jogo ficou mais rápido com chances para ambos os lados. Aos 32 minutos, o goleiro Igor Campos saiu no lado direito de defesa, foi driblado, mas Gullithi evitou o segundo gol do Juventus, salvando em cima da linha.

Mesmo não jogando bem, o Próspera empatou o jogo. Aos 38 minutos, Marcelinho arrancou bem pela direita e bateu forte para fazer 1 a 1. Tudo igual em Joinville. Foram poucas as chances do Time da Raça, mas o gol saiu em jogada individual. Aos 44 minutos, o goleiro Igor Campos rebateu uma cobrança de escanteio e Matheus Claudino finalizou por cima da trave, desperdiçando outra boa chance. Na sequência, em contra-ataque, Lucas Sebastian foi derrubado na entrada da área. Falta. Na cobrança, a bola explodiu na barreira. Aos 47 minutos, o golpe de misericórdia do Juventus: a defesa do Próspera falhou, Thainan pediu impedimento, Lucas de Sá finalizou, Igor Campos fez grande defesa, mas Jonatas Belusso pegou a sobra e deu números finais ao jogo: 2 a 1 para o Juventus.

Campeonato Catarinense – Primeira fase – 6ª Rodada

10/02 (quinta-feira) – 16 horas – Arena, em Joinville

PRÓSPERA

Igor Campos; Galiardo (Marcelinho), Matheus Ernandes, Gullithi e Marco Maier; Japa (Camacho), Bessa (Eduardo) e Beto (Thainan); Pedrinho (Lucas Sebastian), Ramon e Gabriel Henrique. Técnico: Emerson Cris

JUVENTUS

Hudson Júnior; Maninho (Alex Travassos), Reinaldo Lobo, Felipe Gregório e Daniel (Richard); Matheus Claudino, Jeffinho (Lucas de Sá), Tcharles (Gustavo Poffo) e Júlio Cesar; Maikon Leite e Jonatas Belusso. Técnico: Cidimar Alemão (interino)

Arbitragem: Fernando Henrique de Medeiros Miranda. Auxiliares: André Eduardo da Silveira e Cristian Junges Delfino

GOLS: Maikon Leite (20/2T) e Jonatas Belusso (47/2T) (J); Marcelinho (38/2T) (P)

Cartões Amarelos: Daniel, Maninho, Alex Travassos, Jonatas Belusso e Lucas de Sá (J); Beto, Japa, Matheus Ernandes (P)

Cartões Vermelhos: Não houve

Últimas