Dia da Independência é celebrado em escolas da região

Feriado foi de apresentações em Içara, Nova Veneza e Treviso

Fotos: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Em comemoração do Dia da Independência, os atos cívicos com alunos das escolas municipais, creches e centros de educação infantil de Içara ocorreram isoladamente em cada unidade na manhã desta terça-feira, dia 7. Mesmo sob chuva, os eventos foram mantidos sendo realizados em espaços cobertos ou, então, nas próprias salas de aula, pois esta data, embora seja feriado nacional, foi considerada dia letivo.

A prefeita, Dalvania Cardoso, o vice-prefeito, Jandir Sorato, e a secretária de educação, Rose Reynaud, acompanharam os eventos em pelo menos cinco das 47 unidades e puderam conferir apresentações, execução dos hinos nacional e de Içara, fanfarra, entre outras atividades. “A pátria somos todos nós exercendo nossos direitos e deveres. Quando fazemos isso bem feito aí sim podemos dizer que estamos praticando nossa liberdade”, comentou a prefeita.

- PUBLICIDADE -

Os eventos ocorreram de maneira isolada, por causa do decreto estadual que proibiu desfiles públicos como tradicionalmente ocorria todos os anos. “Foi uma manhã de muita alegria e patriotismo. Apesar da chuva, os alunos estavam presentes e as unidades escolares esmeraram-se em fazer belas apresentações destacando os fatos históricos do país e a cultura da cidade”, disse a secretária de educação, Rose Reynaud.

Em Nova Veneza, atos em todas as escolas do município

O município de Nova Veneza, por meio da Secretaria de Educação, realizou na manhã desta terça-feira (7), atos cívicos em alusão ao Dia da Independência do Brasil. Foram realizados atos nas nove escolas da rede municipal de ensino. O prefeito Rogério Frigo participou da atividade da Escola Municipal Bairro Bortolotto,  que contou com a banda fanfarra da escola.

“Nós estamos aqui muito felizes com a participação dos pais e alunos. Continuamos passando por um ano de pandemia e é motivo de comemoração estarmos realizando este evento que celebra a independência do nosso país. É muito importante comemorarmos esta data junto aos alunos, que são o futuro da nação”, comenta o chefe do executivo.

O secretário de educação, Heriton Sandrini, destacou a organização das escolas para a realização do ato. “Queríamos que esta celebração fosse realizada na rua, com toda a cidade participando. Mas por conta da pandemia, não podemos realizar. Mas a nossa equipe se mobilizou para que estas atividades pudessem ser realizadas. Já voltamos com as aulas presenciais e isso nos enche de alegria, porque é onde queremos ver as nossas crianças, estudando e se tornando grandes cidadãos brasileiros”, comenta.

Treviso realiza também atos cívicos nas escolas municipais

As celebrações pela Independência do Brasil foram realizadas nesta segunda-feira (6), em Treviso. As ações aconteceram nas três escolas municipais com hasteamento das bandeiras, execução do hino Nacional, da Independência e do Município.

Os atos foram prestigiados pelo prefeito Valério Moretti, vice-prefeito Valentim Cimolim, secretário de Educação Gladson Tasca, vereadores Luciano Miotelli, Gessi Urbano, Simone Goulart Massiroli, Zander Losso e o comandante do Grupamento de Treviso, 3º Sargento PM Rivaiu Antônio Pagani.

Na Escola Professora Maria Brogni, o ato cívico contou com apresentações de dança e música. O chefe do executivo falou sobre o Dia 7 de Setembro. “A Independência do Brasil é uma das datas mais importantes e marcantes do país”, disse o prefeito.

Para o vice-prefeito é importante valorizar a educação e celebrar a data. “As crianças são o futuro do país. Como gestores temos que dar o exemplo para que lá na frente tenhamos um país melhor”, finalizou.

No período da tarde, os atos também foram prestigiados pelos secretários Ernany Moreti, Mauro Fernandes e a vereadora Simoni Ruzza Ariatti.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.